Reprodução/Dezeen

Os locais de torneio, projetados por Foster + Partners e Zaha Hadid Architects, estão entre os estádios concluídos para a Copa do Mundo FIFA de 2022 no Qatar. Já foi concluída a construção do Estádio Lusail, projetado pelo estúdio britânico Foster + Partners e que sediará o jogo final da Copa do Mundo FIFA de 2022.

O evento esportivo acontece de novembro a dezembro de 2022 e será a primeira Copa do Mundo a ser realizada no Oriente Médio e no mundo árabe. Para entrar no clima esportivo, confira algumas das construções que vão fazer parte da programação de jogos:

Lusail Stadium, por Foster + Partners

 

Situado na cidade de Lusail, este é o maior local do evento. O prédio terá capacidade para 80.000 pessoas e receberá a abertura e o encerramento do torneio de futebol. Seu design, por Foster + Partners, possui referências à arquitetura árabe, refletindo os designs decorativos em tigelas e vasos árabes e islâmicos.

A cidade de Lusail é a mais nova cidade “futurística” que abrigará 250.000 pessoas e está a 20 km de Doha.

Estádio 974, por Fenwick-Iribarren Architects

 

Construído com contêineres modificados, o Stadium 974 foi projetado pelo arquiteto espanhol Fenwick-Iribarren Architects.

974 contêineres de aço reaproveitados serão dispostos em um quadrado curvo para abrigar 40.000 assentos. Este será o primeiro estádio totalmente desmontável da história da Copa. Localizado em Ras Abu Aboud, ele sediará jogos e as oitavas de final.

Estádio Al Bayt, por Dar Al-Handasah

 

Influenciado por ‘bayt al sha’ar‘, barracas historicamente usadas por nômades no Qatar e na região do Golfo, o Al Bayt, por Dar Al-Handasah, celebra a história do país e seu povo.

Seu design conta com um sistema de teto retrátil que irá sombrear a estrutura e trabalha com sistemas de refrigeração para resfriar o espaço internamente. O local foi inaugurado em 2020 e receberá 60.000 pessoas durante as competições.

Estádio Al Thumama, por Ibrahim M Jaidah

 

O arquiteto Ibrahim M Jaidah modelou o Estádio Al Thumama, em Doha, com base no gahfiya, um boné tradicional usado por homens em todo o Oriente Médio.

A construção tem capacidade para 40.000 pessoas e, após o término do torneio, 20.000 lugares da arquibancada superior serão removidos e substituídos por um hotel boutique de 60 quartos. Os jogos até a fase das quartas de final acontecerão aqui.

Veja também

Estádio Ahmad Bin Ali, por Pattern Design and Ramboll

 

Construído no local do antigo Estádio Ahmad Bin Ali, a criação da Pattern Design e Ramboll usou materiais do espaço desconstruído dentro da nova estrutura. Ela é coberta por monitores multimídia que brilham e mudam de cor e envolvida por uma tela de metal que retrata padrões e designs normalmente encontrados na arquitetura do país.

As dunas de areia e a arquitetura islâmica, foram inspirações para este o prédio que receberá partidas até as oitavas de final.

Estádio da Cidade da Educação, por Fenwick-Iribarren Architects e Pattern Design

 

Conhecido como o “Diamante no Deserto”, o Estádio da Cidade da Educação, dos arquitetos Fenwick-Iribarren e da Pattern Design, tem uma fachada geométrica em mosaico que muda de cor conforme o sol atinge sua superfície.

Ele foi o primeiro dos estádios do torneio de 2022 do Qatar a receber uma classificação de cinco estrelas para sustentabilidade do Sistema de Avaliação de Sustentabilidade Global. O prédio receberá jogos até a fase das quartas de final e será a casa da seleção feminina do país e de duas escolas após o término da Copa do Mundo.

Estádio Al Janoub, por AECOM e Zaha Hadid Architects

 

O Estádio Al Janoub, da AECOM e Zaha Hadid Architects, foi o primeiro dos estádios do Qatar 2022 a ser concluído. Ele está localizado a 16 km ao sul de Doha e possui 40.000 lugares.

O projeto foi inspirado nas velas dos tradicionais barcos de pesca dhow encontrados no porto da cidade, em uma homenagem à história marítima de Al Wakrah. O local também foi construído com sistemas de refrigeração e teto retrátil.

Estádio Internacional Khalifa, por Dar Al-Handasah

 

O Estádio Internacional Khalifa foi reformado e remodelado, agora apresenta um novo nível de assentos, adicionando 12.000 lugares, bem como uma nova fachada. A estrutura já recebeu uma variedade de eventos esportivos desde sua inauguração em 1975 e, desde então, tem servido como estádio nacional.

*Via Dezeen

©