<span class=”hidden”>–</span>Reprodução/Casa.com.br

Com o passar do tempo, encontrar um novo lar ou fazer algumas reformas têm sido uma boa forma de trazer novos ares para os moradores e fazer com que eles se sintam bem em casa.

<span class=”hidden”>–</span>NextLuxury/Reprodução

Para se ter ideia, uma pesquisa do Datafolha mostra que, um em cada três brasileiros têm a intenção de mudar de residência até 2023.

Projeto de Memoá ArquitetosAlessandro Gruetzmacher/Casa.com.br

Além disso, mesmo em meio a pandemia, um levantamento feito pelo aplicativo GetNinjas, mostrou que as reformas residenciais aumentaram 57% em 2020. E o fato é que as mudanças em casa não precisam ser gigantes, podem começar em cômodos pequenos como os lavabos.

De acordo com a arquiteta Luciana Patriarcha, por mais que lavabos sejam cômodos menores, é importante planejar ele de uma forma que os moradores gostem.

Projeto de Sidney QuintelaManuel Sá/Casa.com.br

“Como, em sua maioria, o lavabo é um ambiente pequeno, o maior desafio é deixá-lo o mais amplo possível e ousado na medida certa, sem que fique aquela sensação de ambiente claustrofóbico e com informações demais.

Projeto de Casa 33 ArquiteturaEvelyn Muller/Casa.com.br

Para ampliar o ambiente, busco sempre que possível criar linearidade, utilizar a pedra da bancada na extensão toda da parede, espelhos, que não precisam ser necessariamente na parede toda, cores claras e pouca ou nenhuma marcenaria. A iluminação faz toda a diferença no projeto, deixando o ambiente mais moderno e sofisticado”, explica.

Além disso, a arquiteta lista algumas dicas para montar o seu lavabo da melhor forma. Confira:

1. Não existe estilo para um lavabo

Projeto de Luciana Patriarcha.Reprodução/Casa.com.br

“O lavabo é um ambiente onde se pode ousar, porque não é um local frequentado sempre pelos moradores e é mais utilizado pelas visitas. É um ambiente onde podemos pesar um pouco mais a mão, mesclar um papel de parede com revestimento.

Projeto de Eliane VenturaRenata D’Almeida/Casa.com.br

Mesmo sendo um ambiente pequeno, é possível, com coesão, trazer mais ousadia e impacto para quem entra no lavabo. Cada pessoa tem um estilo próprio e o lavabo pode ser diferente do restante da casa, podendo destoar da casa”, diz Luciana.

Continua após a publicidade

2. Fique atento às cores

Projeto de Luciana Patriarcha.Reprodução/Casa.com.br

“As cores escolhidas para um lavabo vão muito da escolha do cliente. Uma boa opção é um projeto com uma proposta mais clean, utilizando do dourado e branco. Pode-se combinar uma parede de porcelanato com um papel de parede dourado.

Projeto de Studio 92 ArquiteturaMariana Orsi/Casa.com.br

Para trazer um pouco mais de cor, os acessórios podem ser rosé. Podem ser feitas uma construção ousada de cores, raramente usada. Isso deixa o ambiente moderno e sofisticado, ao mesmo tempo que mantém a intenção clean”, completa.

3. Pense nos detalhes

Projeto de Luciana Patriarcha.Reprodução/Casa.com.br

“Por conta do lavabo ser um ambiente pequeno, é importante que as pessoas não optem por grandes espelhos que ocupam a parede toda, já que não combinaria com as dimensões do ambiente. Uma boa opção para os lavabos são os espelhos redondos sustentados pela cinta.

Projeto de HoearquiteturaThiago Travesso/Casa.com.br

Além disso, uma pia inserida na parede toda, de forma linear e com o recurso de uma torneira lateral, é uma ótima opção para sair do convencional e trazer versatilidade ao ambiente”, ressalta a arquiteta.

4. Aplique a técnica Feng Shui no seu lavabo

Projeto de Angelina BunselmeyerLuis Franco/Casa.com.br

“A base do Feng Shui é a energia vital, então podemos entender que essa técnica equilibra a energia vital dos ambientes de uma casa. No Feng Shui, o que fica aberto sem necessidade é um desperdício de energia, então a dica principal é manter a porta do lavabo, a tampa do vaso sanitário e o ralo sempre fechados.

Projeto de Calamo ArquiteturaGuilherme Pucci/Casa.com.br

Além disso, ao escolher o cesto de lixo, é importante optar por um modelo com tampa, pois o lixo emite más vibrações. Sendo assim, evite deixá-lo aberto também. Outra dica importante é manter o ambiente aromatizado. O ideal é buscar óleos essenciais e fugir de aromas artificiais, assim criamos conexões positivas”, diz.

5. Não se limite ao porcelanato

Projeto de Luciana Patriarcha.Reprodução/Casa.com.br

“Como o lavabo é um ambiente pequeno, sem área molhada, não é necessário porcelanato em todas paredes. É possível colocar papéis de parede, revestimentos, pintura, painel ripado e itens de madeira, por exemplo. Essa versatilidade possibilita um ambiente de criatividade e ousadia, mesmo sendo importante não exagerar na quantidade de informação do ambiente”, conclui Luciana Patriarcha.

Continua após a publicidade

©