Divulgação/Reprodução

Quem nunca ficou frustrado porque um vídeo do Youtube ou série da Netflix não carrega? Ou quando você está naquela reunião online importante e as imagens ficam travando? Bem, saiba que há alguns truques que podem melhorar o sinal do seu Wi-Fi, sem precisar necessariamente trocar de aparelho ou de plano de Internet!

Reprodução/Giphy

O Gerente Executivo de Vendas da Mercusys, Alexandre Nogueira, traz algumas dicas que podem ajudar na hora de escolher o melhor local para instalar o roteador e, assim, fazer com que a conexão atinja o desempenho ideal. Confira:

1. Posicione seu roteador em um local central

Mercusys/Casa.com.br

De acordo com o especialista da Mercusys, uma das primeiras atitudes a se tomar para garantir uma melhor cobertura da rede de internet sem fio é posicionar o roteador próximo ao centro do ambiente onde ele será utilizado:

“O sinal Wi-Fi é transmitido em várias direções. Por isso, não é recomendável que o usuário deixe o roteador em um canto da sua casa ou estabelecimento comercial, correndo o risco de sofrer com uma diminuição significativa da cobertura sem fio. O ideal é que o dispositivo seja colocado próximo ao centro do ambiente, para que, assim, possa cobrir mais espaço”, explica.

2. Coloque o roteador a uma certa altura

Dribble/Reprodução

Produtos Wi-Fi residenciais geralmente utilizam antenas omnidirecionais, que irradiam o sinal horizontalmente ao seu redor, mas têm menor alcance vertical. “Por conta disso, é importante colocar o roteador sobre uma mesa ou prateleira que o mantenha um pouco mais alto, a fim de otimizar a transmissão das antenas”, afirma Nogueira.

3. Mantenha distância de aparelhos de alta potência e de outros dispositivos eletrônicos

The Nordroom/Reprodução
Continua após a publicidade

Aparelhos elétricos de alta potência e produtos metálicos podem causar interferência no sinal de internet. Entre os dispositivos a serem observados estão eletrodomésticos como geladeiras, além de TVs e até câmeras de monitoramento. “O usuário deve prestar especial atenção à proximidade com fornos micro-ondas, já que se tratam de aparelhos que emitem um sinal muito forte de na faixa de 2,4 GHz”, alerta o executivo da Mercusys.

4. Evite obstáculos

LooFand.Timmy/Reprodução

De acordo com Alexandre Nogueira, um dos materiais com maior probabilidade de bloquear os sinais Wi-Fi é o metal: “Objetos metálicos de grandes dimensões, como uma mesa de aço ou uma geladeira, podem refletir e absorver os sinais de internet sem fio, criando, assim, uma zona de sombra”, explica.

Para evitar interferências desse tipo, o ideal é manter o roteador distante desses objetos e posicioná-lo em locais estratégicos, onde o sinal não precise passar por muitas paredes, armários, entre outros obstáculos.

5. Ajuste as antenas do seu dispositivo

Projeto da arquiteta Alessandra Riera e a designer de interiores Ana Veirano, da RAP ArquiteturaDenílson Machado/MCA Estúdio

Outra recomendação do especialista para obter uma melhor cobertura de internet sem fio é colocar as antenas do roteador em um ângulo oblíquo em relação ao solo: “Se o dispositivo tiver duas antenas, o ângulo recomendado é entre 45 e 60 graus. Caso tenha três antenas, o ideal é posicioná-las do meio para cima”. Além disso, o consumidor também pode consultar as imagens explicativas do produto no manual do usuário, a fim de identificar o posicionamento mais adequado das antenas.

No entanto, “se, ainda assim, o roteador não estiver atendendo às expectativas do cliente, vale considerar o investimento em um repetidor, ou em um sistema Wi-Fi Mesh, com maior capacidade de cobertura”, acrescenta Nogueira.

6. Mantenha o roteador em um local seguro

Por fim, para evitar danos ao dispositivo e ao próprio desempenho da internet Wi-Fi, o Gerente da Mercusys lembra que “é preciso sempre manter o roteador longe de água ou de fogo, a fim de protegê-lo do calor e da umidade, intempéries que podem afetar seriamente o funcionamento do aparelho”.

Continua após a publicidade

The post A posição do roteador pode melhorar o sinal de Wi-Fi? appeared first on CASA.COM.BR.

©