Sem receios de encarar desafios, os mais novos estreantes da CASACOR São Paulo 2023, Eloy e Felipe Fichberg, do escritório Trees Arquitetura, assinam o projeto intitulado Pluralidade. Trata-se de um banheiro para lá de imerso no conceito da diversidade, que abraça raças, gêneros, etnias e todas as culturas antrópicas.

Pensando no tema deste ano, Corpo & Morada, os arquitetos, que também vivem diariamente a relação de pai e filho, propõem uma experiência de conexão individual e um vínculo entre os seres humanos, pois entendem a casa como um conceito subjetivo, onde o corpo também é uma casa e que, para tanto, deve estar em ordem para estabelecer o convívio com os demais.

Modesto para receber bem

Pluralidade - ambiente de Trees Arquitetura para a CASACOR São Paulo 2023.
<span class=”hidden”>–</span>Marco Antônio/CASACOR

A dupla do escritório Trees Arquitetura projetou um ambiente com o propósito de quebrar os estereótipos de praticidade e simplicidade. Assim, compartilham uma leitura de que o banheiro é muito além de um espaço prático e usual, mas que igualmente busca receber a todos com igualdade, respeito e gentileza.

Para proporcionar uma recepção acolhedora, os 35 m² foram meticulosamente adornados ao estilo rústico-moderno com inúmeros detalhes em tonalidades sóbrias para emanar uma energia particular de aconchego, que também se destaca por meio das luminárias em busca de valorizar os revestimentos.

Pluralidade - ambiente de Trees Arquitetura para a CASACOR São Paulo 2023.
<span class=”hidden”>–</span>Marco Antônio/CASACOR

No coração do projeto, outra atração é a bancada, formada por um cubo de granito preto Via Láctea, com linhas sóbrias e lados iguais de 1,75 m.

“Cada pessoa lavará as mãos em uma das faces do cubo e poderá, simultaneamente, ver outras três pessoas por conta de um incrível jogo de imagens produzidos por espelhos que vêm do forro”, explica Eloy. “Imponente e elegante, esse monobloco é também ergonômico, já que tem vãos junto ao piso para o encaixe dos pés quando as pessoas estiverem lavando as mãos”, completa.

Pluralidade - ambiente de Trees Arquitetura para a CASACOR São Paulo 2023.
<span class=”hidden”>–</span>Marco Antônio/CASACOR
Continua após a publicidade

O arquiteto Eloy também enfatiza a atenção com os critérios sustentáveis, uma vez que todas as tintas e os materiais especificados não são agressivos ao meio ambiente, assim como os revestimentos que são reaproveitáveis e produzidos de forma operativa. Ainda nessa seara, a proposta seguiu os preceitos de reaproveitamento de materiais, como o descarte consciente dos resíduos da obra, os redutores de pressão de descarga para o uso mais eficaz da água, além de lâmpadas LED para o consumo mais eficiente e menor gasto de energia elétrica.

Outro destaque do Pluralidade está no salão principal com o revestimento melamínico em freijó nas paredes e o jogo de espelhos instalados na caixilharia preta que desce do forro. “Há um espelho para cada cuba, provocando o dinamismo e, ao mesmo tempo, a privacidade do local”, diz Felipe.

Pluralidade - ambiente de Trees Arquitetura para a CASACOR São Paulo 2023.
<span class=”hidden”>–</span>Marco Antônio/CASACOR

O banheiro conta com cabine reservada e acessível para PNE (Pessoas com Necessidades Especiais), elaborada com barras de apoio e tamanho ideal, seguindo as normas técnicas que visam conforto e segurança. Ele é revestido de pastilhas de mármore e vidro, em tons de verde e branco, combinadas com o porcelanato antiderrapante do piso.

Pluralidade - ambiente de Trees Arquitetura para a CASACOR São Paulo 2023.
<span class=”hidden”>–</span>Marco Antônio/CASACOR

O projeto não esqueceu dos papais e das mamães com crianças de colo, pois há um fraldário muito especial, discreto e romântico. Revestido com papel de parede claro, de estampa floral, ele ainda oferece uma poltrona de amamentação superconfortável, além do trocador almofadado e de um micro-ondas sempre pronto para aquecer as mamadeiras e as comidinhas de bebês e crianças.

 

Continua após a publicidade

©