O casamento entre o passado clássico e o contemporâneo: seja pelo desejo do morador de contar com um móvel de família, que carrega consigo uma memória afetiva singular, ou mesmo por gostar de determinado estilo, essa combinação conquistou a chancela no décor de interiores como uma tendência que transcende o tempo e se torna uma forma brilhante de expressar história e beleza nos ambientes.

Ideias para usar móveis antigos no décor contemporâneo. Projeto de Carina Dal Fabbro. Na foto, sala de estar com teto azul claro e sofá azul.
Na reforma desse apartamento garden, a arquiteta Carina Dal Fabbro tinha em mãos peças de família herdada pelos proprietários. Habilidosa, ela posicionou a cristaleira, que também exerce papel de apurador, como destaque entre a sala e a cozinha.Rafael Renzo/Casa.com.br

As dúvidas sempre giram em torno do equilíbrio ao realizar a combinação do antigo com elementos modernos, sem errar na mão. A arquiteta Carina Dal Fabbro conta que gosta da oportunidade de criar referências únicas nas moradas dos seus clientes.

Ideias para usar móveis antigos no décor contemporâneo. Projeto de Carina Dal Fabbro. Na foto, cristaleira vintage.
Projeto de Carina Dal Fabbro.Rafael Renzo/Casa.com.br

“Fico encantada com a atmosfera que conseguimos criar nos projetos. E apesar de não existir uma fórmula mágica, nosso entendimento sobre a personalidade e o gosto pessoal do morador é a chave para essa harmonia”, pontua.

Continua após a publicidade

Ideias para usar móveis antigos no décor contemporâneo. Projeto de Carina Dal Fabbro. Na foto, sala integrada com mesa vintage branca.
Presente em sua vida há mais de 25 anos, na reforma do seu apartamento a arquiteta Carina Dal Fabbro não hesitou em conceder a oportunidade de uma nova jornada para belíssima mesa de jantar com gaveta e puxador de porcelana. Produzida por um marceneiro com madeira maciça, bastou reformar para combiná-la com as cadeiras com assentos e encostos em palhinha.Rafael Renzo/Casa.com.br

Ainda de acordo com ela, ao conhecer o acervo dos clientes, o primeiro passo é definir qual será a peça principal do ambiente: aquela com as referências de uma época passada ou uma com o viés atual. Só depois que Carina começa a experimentar as combinações até encontrar o visual perfeito para o estilo do décor pretendido.

Ideias para usar móveis antigos no décor contemporâneo. Projeto de Carina Dal Fabbro. Na foto, cantinho com piano.
No cantinho deste apartamento projetado pela arquiteta Carina Dal Fabbro, o protagonista é, sem dúvida, o piano do morador. O décor ainda ganhou itens decorativos para completar o ambiente.Bruno Cardi/Casa.com.br

Para a arquiteta Patricia Miranda, à frente do escritório Raízes Arquitetos, os móveis antigos, mesmo se comprados em antiquário, denotam a individualidade aos ambientes. “E quando são parte da história de uma família, o contexto fica ainda mais especial”, conta.

Continua após a publicidade

Ideias para usar móveis antigos no décor contemporâneo. Projeto de Raízes Arquitetos. Na foto, quarto com paredes revestidas de madeira escura.
Neste dormitório a arquiteta Patricia Miranda, a marcenaria contemporânea desenhou a estante e o closet. No contraponto, a cômoda com puxador colonial trouxe um ‘que’ romântico ao décor.Caca Bratke/Casa.com.br

“Considero muito importante preservar a autenticidade, pois isso mantém o seu valor, que tanto pode ser o histórico, como também o financeiro”, avalia Patricia. Em seu ponto de vista, a coerência está na possibilidade de valorizar essa peça dentro de um conjunto coerente.

Continua após a publicidade

 

Publicidade

©