<span class=”hidden”>–</span>LOUIS DUNCAN-HE/My Domaine

O estilo eclético consiste em misturar estampas, padrões, peças de arte peculiares e tecidos divertidos em um espaço. Embora haja muita liberdade envolvida ao adotar essa estética, ainda existem várias armadilhas que você deve evitar para garantir que a sua casa pareça harmônica.

Os exemplos abaixo mostram ambientes que acertam em cheio o design – então, definitivamente, procure inspiração sobre como adaptar esse visual corretamente a partir deles e evite os seguintes passos:

1. Esquecer de editar seu espaço

<span class=”hidden”>–</span>ALVIN WAYNE/My Domaine

Nem todo item será um sim automático o tempo todo. Mesmo que você ama muitos estilos, compre itens que gosta e tenta fazer estes funcionarem no ambiente, não há lugar para tudo em uma casa.

Estilo eclético não significa apenas juntar um monte de itens díspares. Tenha elementos que unifiquem tudo e façam o cômodo parecer coeso. Isso geralmente envolve algum nível de restrição e organização.

2. Não definir uma paleta de cores

<span class=”hidden”>–</span>FORBES + MASTERS/My Domaine

Em outras palavras, use cores intencionalmente. Apesar do design oferecer espaço para uma variedade de tons, use essa liberdade para adicionar interesse, profundidade e um fluxo dinâmico.

Não ter uma cor de assinatura pode fazer com que o ambiente pareça mais bagunçado.

3. Não prestar atenção à escala

<span class=”hidden”>–</span>DAN RAK/My Domaine

A escala é essencial na criação de um local coeso e funcional. Logo, ao colecionar peças ao longo do tempo, para conseguir uma aparência eclética, preste muita atenção à escala de cada item que você está adquirindo.

Continua após a publicidade

4. Esquecer das impressões

<span class=”hidden”>–</span>STUDIO PEAKE/My Domaine

O conceito de escala não é importante apenas no que diz respeito ao mobiliário, também é fundamental ter em mente em termos de estampas em papel de parede, arte e forma têxtil.

Tenha em mente o tamanho de tudo isso para fornecer equilíbrio e contraste.

5. Incorporar muita decoração fora da caixinha

<span class=”hidden”>–</span>LOUIS DUNCAN-HE/My Domaine

As pessoas acabam confundindo eclético com maximalismo, então se empolgam com a decoração e se sentem sobrecarregados. Os estilos definitivamente combinam, mas se você estiver fazendo a transição para um estilo mais eclético em sua casa, resista ao desejo de adicionar muitas peças logo de cara.

Em vez disso, foque nas camadas em algumas áreas enquanto você descobre o que eclético significa para você. Domine seu esquema de cores primeiro, depois pense nos itens menores que deseja exibir – arte, objetos esculturais e afins.

6. Prestar muita atenção às regras de design tradicionais

<span class=”hidden”>–</span>KATHERINE CARTER/My Domaine

Por que não tornar o processo de design alegre? Compre e colecione peças que você ama, sejam elas do século 18 ou 21, e divirta-se.

Lembre-se de pensar em características que se complementam e que tornam o cenário mais interessante, mas, ao mesmo tempo, consistente. Além disso, quando você deixa a sua imaginação fluir, consegue planejar um verdadeiro reflexo do seu estilo e personalidade.

*Via My Domaine

Continua após a publicidade

©