A Sherwin-Williams apresenta sua Cor do Ano de 2024, a Confins do Céu SW 6239, uma tonalidade leve e serena de azul que evoca a sensação constante de paz encontrada ao desacelerar, respirar fundo e clarear a mente.

“A Confins do Céu SW 6239 representa um impulso suave para avançarmos em nossas vidas”, afirma Patrícia Fecci, especialista em cores e gerente de Marketing da Sherwin-Williams. Navegando em nossos pensamentos, encontramos um lugar tranquilo, onde a mente pode divagar e se concentrar: buscando o caminho para a criatividade sem limites.

Confins do Céu é a Cor do Ano 2024 da Sherwin-Williams. Na foto, banheiro com marcenaria na cor Confins do Céu.
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação Sherwin-Williams Brasil/Casa.com.br

Tão constante e infinita como o ponto mais alto do céu, nos conectamos a uma cor contemplativa e de uma serenidade acolhedora – sempre presente, sempre possível – se soubermos onde buscá-la. “Ele traz a energia despreocupada, que evoca uma sensação de satisfação e de paz. Com essa cor, convidamos nossos consumidores a fazer uma pausa e imprimir um novo senso de conforto e possibilidade em seus espaços”.

Confins do Céu inspira tranquilidade e simplicidade

Confins do Céu é a Cor do Ano 2024 da Sherwin-Williams. Na foto,
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação Sherwin-Williams Brasil/Casa.com.br

Emergindo após a tonalidade terrosa da Cor do Ano de 2023, Meu Caminho SW 9081, a Confins do Céu dá as boas-vindas a uma sensação leve e flutuante de paz; um convite para abrir a mente para uma cor de serenidade etérea que está sempre presente – se nos lembrarmos de olhar para cima e contemplar a imensidão do céu.

Continua após a publicidade

“À medida que brincamos com as cores, é essencial considerar suas interações cuidadosamente”, acrescenta Fecci. “Azuis levemente dessaturados e enevoados trazem o fascínio magnético dos tons frios, infundindo a energia e a positividade desse azul perfeitamente plácido. São nesses detalhes sutis que criamos espaços atemporais e inspiradores. Estamos empolgados em compartilhar esta bela cor e criar interiores que transpiram harmonia e evocam um senso de encantamento.”

Confins do Céu é a Cor do Ano 2024 da Sherwin-Williams. Na foto, home office com paredes na cor Confins do Céu.
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação Sherwin-Williams Brasil/Casa.com.br

Essa cor faz parte da Paleta No. 1 na Previsão de Cores Sherwin-Williams Colormix 2024, Antologia: Volume Um. Fecci recomenda combinar a tonalidade com azuis e verdes, tons profundos e escuros, e nuances delicadas como Bola-de-neve SW 7004, Névoa Passageira SW 9166, Força das Ondas SW 7605, Cosmos SW 6528, Frescor Irresistível SW 6428, Serra da Cantareira SW 7735 e Marrom Antigo SW 0045.

Continua após a publicidade

Uma tonalidade que traz clareza para espaços comunitários

Use Confins do Céu SW 6239 (224-C1) para inspirar espaços meditativos e de paz absoluta tanto em ambientes residenciais quanto comerciais. Desde estilos litorâneos clássicos até estilos minimalistas casuais, a beleza arejada da Confins do Céu 6239 (224-C1) habita onde o azul de amplas possibilidades encontra respaldo e morada. Se fôssemos colorir um ponto de intersecção entre vitalidade e tranquilidade, constância e mudança, intensidade e calma, possivelmente seria representado pela cor Confins do Céu.

“Usado como destaque ou em toda parte, em interiores e exteriores, a Confins do Céu 6239 (224-C1) abre caminho para uma mente aberta e leve quando usado em ambientes comerciais”, diz Fecci. “A tonalidade serve como um lembrete para fazer uma pausa e encontrar o caminho para a criatividade sem limites em nossa casa, em nosso trabalho e onde mais a nossa imaginação nos levar”.

Continua após a publicidade

Publicidade

©