<span class=”hidden”>–</span>@daily.ren_/Instagram/the spruce

Plataformas de inspiração como o Pinterest ou a Landhi (parceira editorial do Casa.com.br!) estimulam seus usuários a acumular referências decoração. Já no Instagram, é onde o público mostra o que conseguiu aplicar.

Meu cantinho preferido de leitura

Mas, como tornar uma casa “instagramável”? É fácil adaptar o ambiente de rotina a um conceito digno de timeline? A empresária Priscila Prieto, especialista em móveis planejados e decoração para apartamentos, explica que o grande segredo é a iluminação do ambiente, que representa 70% de uma bela foto.

Iluminação para fotos

Cantinho preferido: varanda

“Para um ambiente instagramável, o recomendável é usar iluminação quente (amarela), que traz aconchego para o espaço, enquanto a iluminação fria (clara) é aquela mais típica de um hospital, não deixando com uma cara de lar. Ainda assim, pode ser usada em lugares como a cozinha e o escritório”, explica.

Objetos decorativos, plantas e cores

Meu cantinho preferido: Quartos

Aliada a isso, a decoração dos objetos precisa estar em cores harmoniosas e ela indica uma paleta com opções bem chamativas, incluindo diversas tonalidades e objetos marcantes. “O objetivo é chamar atenção para essas peças, mas sem destoar do ambiente”, ressalta. O toque final, segundo a especialista, fica para as plantas da casa, que trazem uma sensação de tranquilidade e harmonia, além de compor o espaço de maneira mais criativa.

Apartamentos e casas pequenos

Com tudo isso, não é preciso ter uma mansão para chamar a atenção na rede. Considerando que é uma plataforma, em sua essência, feita para destacar conteúdos a partir da imagem, o foco é beleza e criatividade.

Continua após a publicidade

Priscila lembra ainda que o metro quadrado numa capital brasileira, hoje, tem preços elevados, o que faz com que o público esteja em busca de imóveis menores para chamar de lar. Mostrar as possibilidades que um pequeno espaço promove em relação a conforto, praticidade e decoração pode ser grande um atrativo para os likes.

“Percebo que o que mais se destaca nos ambientes pequenos são itens práticos para o dia a dia, como por exemplo canto alemão com baú, para guardar utensílios; mesas retráteis, não ocupando tanto espaço; camas embutidas, acopladas ao móvel; sofás retráteis entre outros”, aconselha, lembrando também que não adianta uma casa bem decorada se ela estiver desorganizada.

Organização

Cantinhos preferidos de maio

É preciso se atentar a elementos como as prateleiras, o que ajuda a manter a organização e ainda dá destaque à decoração.

“Outro item são os móveis planejados com a função de serem práticos e funcionais na rotina. No detalhe, recipientes transparentes para guardar mantimentos, temperos e alimentos em geral trazem um charme bacana. Recomendo bastante aos clientes uma porta de vidro (reflecta ou transparente) em uma cozinha, para organização de taças”, conta.

Por fim, a maneira como pertences e móveis ficam distribuídos em casa pode mudar tudo. Nesse quesito, o público tem priorizado otimização e praticidade, com um propósito claro de “menos é mais”.

<span class=”hidden”>–</span>@afamiliadamanu/Instagram

Para Priscila, o espaço de circulação é um fator determinante e essa é uma das inspirações buscadas nas redes sociais. Nesse quesito, a dica de ouro fica para cozinhas abertas, que ajudam na sensação de amplitude e aproximam a família.

Gostou? Teste essas dicas e mande suas fotos para o Instagram @revistaminhacasa com a #meucantinhopreferido! Ele pode sair na nossa página!

Continua após a publicidade

©