Levando luz e frescor para a sala, a área do projeto assinado pela arquiteta Carina Dal Fabbro é revestida de plantinhas que propiciam um efeito único ao décor e ainda aumentam a qualidade de vida dos moradores.Rafael Renzo/Casa.com.br

Mudanças de temperatura bruscas têm sido cada vez mais comuns, principalmente por conta das altas ondas de calor históricas registradas no Brasil desde o início de primavera. Mesmo sem a chegada ‘oficial’ do verão, o calor tem elevado a sensação térmica, deixando alguns ambientes da casa ainda mais quentes. Mas como melhorar esse panorama?

As arquitetas, Carina Dal Fabbro, à frente do escritório que leva seu nome, Pati Cillo, com seu escritório homônimo, e Júlia Guadix, do Studio Guadix, dão dicas para driblar o clima quente e alcançar o tão sonhado bem-estar em casa durante este período.

Confira o passo a passo elencado por elas:

Cores claras

Estendendo o clima ensolarado por toda a casa, os quartos também tem saída para área externa e contam com um décor com tons neutros.Rafael Renzo/Casa.com.br

As cores exercem muita influência na sensação de um ambiente. Dessa forma, os tons claros são os mais indicados para a obtenção de cômodos mais refrescantes. Quem quiser deixar a casa com um gradiente mais ameno deve realizar a substituição de itens mais escuros, usualmente empregados em almofadas, tapetes e cortinas, por exemplo.

Para Júlia Guadix, vale apostar em estampas ou em tecidos neutros leves e naturais como cetim ou algodão, que permitem mais respiro no local.

No dormitório assinado pelo Studio Guadix, a profissional balanceou o azul mais intenso, presente na mesinha lateral e na almofada, com um enxoval que evidencia nuances mais claros de cinza. Ambientação perfeita para noites quentes!Guilherme Pucci/Casa.com.br

“Para quem tem sofá de couro ou mais escuro, é possível cobri-lo com xale ou uma manta mais leve, como aquelas produzidas artesanalmente, para criar uma atmosfera fresquinha no ambiente”, sugere a arquiteta.

Entre as cores sugeridas, a arquiteta Carina Dal Fabbro tem notado que o coral, rose e tons de azul seguem como grandes opções em ambientes. “É uma tendência, mas não existe regra. Todos os tons claros trazem a sensação de frescor e cabe ao morador escolher o seu preferido de acordo com o seu gosto e estilo pessoal”, indica a profissional.

Ventilação

Com área social integrada, o apartamento assinado por Carina Dal Fabbro recebeu uma dose extra de circulação de ar graças a grande porta que leva os moradores para a área externa. Um toque extra de conforto foi adicionado junto com a presença do ventilador de teto.Rafael Renzo/Casa.com.br

O essencial em dias quentes é manter a casa ventilada. Segundo a arquiteta Pati Cillo, o ar-condicionado é cada vez mais pedido em novos projetos residenciais, principalmente nos quartos e em áreas sociais.

Todavia, quem não tem eletrodoméstico deve investir no bom e velho ventilador. Para um uso otimizado e eficaz, a recomendação de Patti é posicioná-lo em diversas áreas de casa e, se possível, em locais como de costas para a janela.

Continua após a publicidade

Realizada com uma paleta de tons claros, destacando o amadeirado do piso e dos móveis, assim como o rose gold dos pendentes, a sala de jantar da arquiteta Pati Cillo recebeu um ar-condicionado que provê temperaturas amenas em meio aos dias de excessivamente quentes.Luis Gomes/Casa.com.br

“Além do ventilador que podemos levar de um lado para o outro, podemos considerar também a instalação de ventiladores de teto em cômodos como sala de estar e dormitórios, além dos umidificadores, que colaboram na diminuição do calor e melhora da qualidade do ar, proporcionando conforto térmico”, detalha.

Entretanto, no caso do umidificador, uma ressalva valiosa para a saúde: se ligado por muito tempo, pode provocar o aparecimento de mofo ou bolor nos ambientes, além de não ser benéfico para a saúde.

“Todos os recursos são positivos, mas o melhor mesmo é quando podemos contar com a ventilação natural. Janelas e amplos vãos de porta idealizados durante o projeto arquitetônico contribuem para uma casa bem arejada e saudável”, complementa, por sua vez, Carina Dal Fabbro.

Plantas

Na varanda do projeto assinado pelo Studio Guadix, a arquiteta reuniu espécies de plantas, incluindo temperinhos, pensando em dispor dias de calor mais suaves. Para organizar, suportes, mesinhas e até caixotes de madeira foram utilizados.Guilherme Pucci/Casa.com.br

Junto com a decoração, as plantas contribuem para o frescor e o clima de bem-estar. Entretanto, Júlia Guadix traz uma ressalva: não basta ter apenas um vasinho aqui ou acolá.

Ode ao natural na varanda realizada pela arquiteta Pati Cillo.Luis Gomes/Casa.com.br

“O valioso é ter uma combinação de espécies, sempre lembrando que, quanto maior o tamanho da folha, mais a plantinha respirará, nos dando como resultado um ambiente mais úmido e agradável. Uma sugestão também é escolher uma parede para um jardim vertical”, avalia.

Mas, e as espécies? As mais indicadas para os ambientes internos são:

“Como estamos em um período quente, para verificar necessidade de molhar a plantinha, basta colocar a mão na terra e sentir se ela está seca. Se sim, é só colocar água de novo. Não precisa ser um grande entendedor para mantê-las saudáveis”, avalia Pati Cillo.

<span class=”hidden”>–</span>Guilherme Pucci/Casa.com.br

Júlia ainda faz um adendo sobre a importância de borrifar água nas folhas. “Assim elas contam com as condições favoráveis para o volume da folhagem, deixando aquele efeito natural e tão rico que tanto desejamos em casa”, avalia.

Iluminação

Para este grande living integrado, Carina Dal Fabbro brincou com tons leves e apostou em uma iluminação com spots localizados em pontos estratégicos do espaço. Dessa forma, os moradores contam com uma iluminação eficiente e confortável.Rafael Renzo/Casa.com.br

Para a arquiteta Carina Dal Fabbro, a iluminação mais próxima do natural (3.000 kelvin) é a luz branca quente. Além dela, também é possível apostar em luzes incandescentes ou pendentes. Além de trazer um clima diferente para a área, colabora para economizar energia e deixa a casa com uma atmosfera mais gostosa.

Continua após a publicidade

©