Tillandsia florida.

Plantas aéreas estão na moda e são boas opções para quem não tem muito espaço ou para quem mora em apartamentos e não pode ter um jardim com terra.

As Tillandsias são uma espécie bastante resistente e bonita se você deseja ter um jardim aéreo. Porém, os cuidados são um pouco diferentes das plantas de vasos. Confira como plantar e cuidar abaixo:

Iluminação

<span class=”hidden”>–</span>Timm Stolten/Wikimedia Commons

Luz filtrada brilhante é regra geral, e quanto maior a umidade do ar, mais luz sua planta irá tolerar. Ao ar livre, as variedades de folhas prateadas (ex: Xerographica, Harissii) geralmente podem ser cultivadas em pleno sol, porém em uma estufa sem sombra ou dentro de casa, perto de janelas, a mesma planta queimará rapidamente, porque o ar seca como um forno.

Em um local muito ensolarado de uma sala, elas podem precisar de nebulização diária ou imersão semanal, dependendo do método que você preferir.

Luz artificial

<span class=”hidden”>–</span>Bromels/Wikimedia Commons

A luz artificial de espectro total (fluorescente) é a melhor. A planta não deve estar a mais de 90 cm dos tubos fluorescentes e pode estar tão perto quanto 15 cm.

Uma luminária de quatro tubos de 1,2 m funciona bem. As lâmpadas podem ser de qualquer tipo de espectro completo Gro-Lux, Repta-Sun, Vita-Lite, etc. A luz deve ser ajustada com um temporizador, 12 horas por dia.

Como regar suas plantas aéreas

<span class=”hidden”>–</span>Air Plant City/Reprodução

Molhe completamente sua Tillandsia 2-3 vezes por semana — mais frequentemente em um ambiente quente e seco. Em condições de seca extrema, a Tillandsia não pode obter água de reposição de suas raízes como uma planta terrestre, ou recorrer a reservas internas como uma suculenta.

Você pode notar que suas novas plantas de ar parecem estar felpudas. Estes são tricomas, um revestimento de células especiais que ajuda as plantas aéreas a absorver água e nutrientes.

Tipo de Água

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsin Ustun/Wikimedia Commons

A água que você usa é importante. Nunca use água destilada! A água descalcificada também não é boa por causa do teor de sal. Água filtrada, água da torneira que ficou tempo suficiente para que o cloro se dissipe e água engarrafada são boas.

Ao ar livre, talvez você nunca precise regar Tillandsias se morar em regiões úmidas. Dentro de casa, quanto mais quente e seco o ar, mais você precisa regar. As plantas devem receber luz e circulação de ar suficientes para secar em não mais de 3 horas após a rega.

O vento pode ser um prejuízo, pois a planta seca muito rapidamente. Se a planta secar dentro de um período de tempo muito curto, ela não está hidratando nada.

A nebulização por pulverização é insuficiente como único meio de rega, mas pode ser benéfica entre regas regulares em climas secos para aumentar a humidade.

<span class=”hidden”>–</span>Air Plant City/Reprodução
Continua após a publicidade

Se a planta estiver em um vaso, certifique-se de esvaziar a água. As Tillandsias não sobreviverão em água parada. A sub-rega é evidenciada pelo exagero da curva côncava natural de cada folha. Depois de molhar bem as plantas, vire-as de cabeça para baixo e agite-as suavemente.

A água que se acumula perto da base é prejudicial se deixada por muito tempo. Uma última coisa sobre regar sua planta de ar: é muito melhor regar de manhã do que à noite. As plantas aéreas absorvem o dióxido de carbono do ar à noite em vez de durante o dia.

Se a planta estiver molhada, ela não respira, portanto, a menos que possa secar rapidamente à noite, planeje banhos matinais.

Circulação de ar

Tillandsias floridas.

Após cada rega, as Tillandsias devem receber luz e circulação de ar suficientes para secar em 4 horas ou menos. Não mantenha as plantas constantemente molhadas ou úmidas.

No entanto, não as deixe secar muito rápido também. 1-3 horas é o ideal. Além disso, se o ar estiver quente, uma brisa é bem-vinda para resfriar a planta e evitar que ela fique superaquecida.

Ciclo de crescimento

<span class=”hidden”>–</span>Air Plant City/Reprodução

Bromeliad Tillandsia tem um ciclo de vida de uma planta crescente até a maturidade e floração. Antes, durante ou depois da floração (dependendo da espécie) sua planta começará a produzir filhotes, a maioria das plantas produzirá entre 2 a 8 filhotes.

Cada planta floresce uma vez na vida, lembre-se que cada filhote é uma planta e florescerá. As flores podem durar de vários dias a muitos meses, dependendo da espécie, e diferentes espécies florescem em épocas diferentes, dependendo também do cuidado e do ambiente.

Você pode esperar flores do meio do inverno até o meio do verão, dependendo da planta.

Se você deixar sua planta se aglomerar, basta remover as folhas da planta mãe quando ela começar a secar, basta puxar as folhas com um leve puxão lateral, se a folha resistir, ainda não está morta, então apenas apare as áreas secas.

Depois de remover totalmente a planta mãe, a lacuna que resta será rapidamente preenchida pelas outras plantas crescendo e se espalhando.

Remoção de filhotes de plantas aéreas

<span class=”hidden”>–</span>Air Plant City/Reprodução

Para remover os filhotes, eles devem ter pelo menos 1/3 a 1/2 do tamanho da planta mãe. Segure a mãe e o filhote em suas bases e gire suavemente em um movimento descendente. Se isso não acontecer facilmente, pode ser necessário remover o filhote cortando para baixo o mais próximo possível da mãe.

Não descarte a planta mãe ainda, enquanto ela ainda estiver viva ela continuará a produzir mais filhotes para você. Muitas vezes, leva vários anos após a floração antes que ela finalmente morra.

Montando sua Tillandsia

<span class=”hidden”>–</span>Kathariya Manaso/Pixabay/Reprodução

As Tillandsias podem ser cultivadas basicamente em qualquer lugar, em rochas, em conchas, em cerâmica, presas à madeira (a madeira não tratada com pressão é impregnada com cobre, e o cobre matará sua planta). Ao considerar o que você vai fazer com sua planta, não esqueça que deve poder regá-la e colocá-la em algum lugar que receba luz suficiente.

Tente não colocar Tillandsias em recipientes que contenham água, elas precisam secar. Se você colocar sua planta em algo que retenha água, esvazie o excesso depois de regar sua planta. A mesma coisa se aplica ao montar sua planta. Não a cerque com musgo. Ele reterá muita água e apodrecerá sua planta.

*Via Air Plant City

Continua após a publicidade

The post Como plantar e cuidar de Tillandsia appeared first on CASA.COM.BR.

©