Projeto de Angelina BunselmeyerLuis Franco/Casa.com.br

Conhecido pelo público de restaurantes e bares, o canto alemão, geralmente caracterizado por uma mesa que traz cadeiras de um lado e sofá de outro, está tomando conta de casas e apartamentos.

Como o próprio nome já sugere, a tendência provém da Alemanha, já que é muito usada para decorar pubs e bares do país. A novidade decorativa acabou ganhando espaço ao redor do mundo e é sinônimo de estilo e conforto em diversos lares brasileiros.

Canto alemão otimiza a circulação desta cozinha de 17 m²

Segundo Camila Shammah, gerente de produtos da Camesa, marca especializada em desenvolver e comercializar a mais completa linha de cama, mesa, banho e decoração, o canto alemão é normalmente utilizado em salas, cozinhas ou em espaços exteriores como varandas.

“Além de muito charmoso, ele é perfeito para integrar ambientes e aproveitar todo o espaço útil de cômodos e áreas externas”, afirma.

Projeto de Studio 92 ArquiteturaMariana Orsi/Casa.com.br

A especialista ressalta que não existe uma regra para trazer a tendência para dentro do lar. “Tudo irá depender da dimensão do imóvel, do estilo a ser adotado e do número pessoas que serão acomodadas no local.

De modo geral, é muito fácil colocar em prática esse estilo decorativo. Para compor a tendência é preciso utilizar uma mesa, cadeiras e sofá, que geralmente é fixado na parede, e fazer a disposição dos objetos em formato de L”, declara.

Continua após a publicidade

Projeto de Studio AG ArquiteturaProdução Visual: A+G arquitetura/Fotos: Juliano Colodeti, do MCA Estúdio/Casa.com.br

Camila afirma que o toque de praticidade que o canto alemão traz para a decoração é perfeito para os ambientes pequenos, pois geralmente ele aproveita melhor o espaço.

“A vantagem é que garante mais lugares ao redor da mesa, visto que o banco fica encostado em uma das paredes. Isso traz uma melhor circulação, diferentemente se fosse só composto por cadeiras”, informa.

Projeto de Christiane SchianoviGuilherme Pucci/Casa.com.br

A gerente diz que o ideal é que a tendência seja aplicada sob medida para o espaço. “Combina com tudo e pode ser multifuncional também. Se o banco for uma espécie de baú, pode servir contribuindo na arrumação e otimização do espaço.

Ela já ganhou tantas configurações que se tornou amplamente customizável. É possível combinar bancos com cadeiras ou até mesmo pufes e banquetas, e as mesas podem ser redondas, quadradas ou retangulares”, pontua.

<span class=”hidden”>–</span>Houzz/Reprodução

Camila ainda reitera que os projetos de canto alemão são bem versáteis, dando ao morador diversas possibilidades de aplicação e personalização, o que o torna ideal para quem gosta de inovar e dar destaque para os cômodos da casa.

“É possível criar um espaço do zero e ter um ambiente totalmente único e com a cara da família. É perfeito para as horas de refeições, descontração e convívio do lar”, completa.

Continua após a publicidade

©