Em um mundo cada vez mais acelerado, espaços dedicados exclusivamente ao lazer são cada vez mais vistos nos projetos de arquitetura de interiores, principalmente, pelo potencial de ser uma válvula de escape da rotina e pressão diária. Possuir uma sala de jogos em casa ou mesmo outro ambiente dedicado apenas à contemplação e diversão contribui diretamente com a manutenção do equilíbrio físico e emocional.

Ao montar esses espaços, as arquitetas Danielle Dantas e Paula Passos, do escritório Dantas & Passos Arquitetura, acreditam que alguns aspectos devem ser considerados para maximizar funcionalidade e benefícios. Veja diferentes tipos de áreas de lazer em projetos bem como dicas para criá-los:

Sala de Jogos

Casa de 553 m² tira partido do terreno irregular para setorizar funções. Projeto de Leonice Alves. Na foto, salão de jogos com mesa de sinuca.
Projeto de Leonice Alves.Divulgação/Casa.com.br

Ideal para quem gosta de reunir a turma, a sala de jogos é uma excelente opção para aproveitar cômodos inutilizados ou cantos vazios. E quando se trata de jogos, os mais procurados são a sinuca, pebolim, dardos, videogames, baralhos, tabuleiros e tênis de mesa, entre tantas possibilidades. Na elaboração do layout, as diversas atividades de entretenimento devem manter as devidas distâncias uns dos outros e receber uma iluminação muito bem executada.

“Mesas de jogos pedem luminárias mais baixas e com luz direta para a atividade. Para complementar, não podemos deixar de lado a instalação de uma lousa para anotar os placares e estantes para organizar jogos, que acabam exercendo também uma função decorativa”, detalha Danielle.

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Patrícia Penna. Na foto, sala de jogos com mesa de sinuca.
Projeto de Patrícia Penna.Leandro Moraes/Casa.com.br

Ela explica ainda que o equipamento de videogame deve ter uma distância de 1,5 a 2,5 vezes com relação ao tamanho, em polegadas, do tamanho da TV. “Na mesa de bilhar, é essencial considerar uma folga para o taco não entrar em conflito com alguém ou uma parede” complementa.

E por ser uma sala de diversão, as profissionais sugerem a colocação de um bar e uma bancada para servir petiscos. Para ampliar o conforto, assentos extras como bancos e pufes são indicados para quem deseja apenas assistir aqueles que se divertem.

Continua após a publicidade

Home Theater e Salas de cinema

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Patrícia Penna. Na foto, sala de cinema
Projeto de Patrícia Penna.Sérgio Israel/Casa.com.br

Para quem sonha em desfrutar das comodidades de um cinema sem sair de casa e viver experiências imersivas, a dupla de arquitetas recomenda investir em uma sala capaz de receber a TV de alta resolução e os equipamentos de áudio e vídeo. Além disso, é importante considerar um reprodutor de mídia adequado, como um Blu-ray player ou uma plataforma de streaming que garanta a reprodução dos conteúdos com alta qualidade sonora.

Sala de cinema
Projeto de Paula Muller.Lilila Mendel/Casa.com.br

Ainda no espaço, elas sugerem a execução de um tratamento acústico para reduzir ecos e isolar o som e, na decoração, elementos que remetam ao universo do cinema complementam essa atmosfera mágica. “Aqui também é possível deixar uma bandeja cheia de guloseimas como pipocas, doces, snacks, refrigerantes e outros. Quanto mais comodidade melhor”, pontuam Paula e Danielle.

Brinquedoteca

Apartamento marcenaria Karen Pisacane brinquedoteca brinquedo criança estante
Projeto de Karen Pisacane.Kadu Lopes/Casa.com.br

Quando se tem pequenos em casa, conceber um espaço seguro e estimulante é uma prioridade para os pais, como a brinquedoteca. Paula aconselha muita dedicação e cuidado nos detalhes, mas ela garante que todo o esforço vale a pena quando os adultos passam a perceber os promissores no desenvolvimento das crianças, pois ao brincarem, associam o espaço à aprendizagem, diversão e acolhimento.

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Dantas & Passos Arquitetura. Na foto, brinquedoteca com mesa colorida laranja e tapete listrado.
Projeto de Dantas & Passos Arquitetura.Luis Gomes/Casa.com.br

“As brinquedotecas estimulam a imaginação e são espaços para crianças serem verdadeiramente crianças. Os pais podem aproveitar para espalhar jogos de conhecimento para incentivá-las ainda mais”, recomenda.

Continua após a publicidade

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Patrícia Penna. Na foto, brinquedoteca com estante de nichos azul.
Projeto de Patrícia Penna.Leandro Moraes/Casa.com.br

Na montagem, é primordial considerar o uso de mobiliário apropriado, como mesas e cadeiras com bordas arredondadas e tamanhos alinhados com a faixa etária. Na existência de quintas e pontas, um forro emborrachado ou protetores de silicone resolvem a questão. “E claro, é preciso certificar-se que os materiais incluídos não sejam pequenos demais para serem engolidos, como também alérgicos ou tóxicos”, adverte Danielle.

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Patrícia Penna. Na foto, brinquedoteca com estante de nichos azul.
Projeto de Patrícia Penna.Leandro Moraes/Casa.com.br

Nichos, prateleiras, bem como caixas facilitadoras são bons estímulos para que a criançada aprenda a necessidade de manter a organização. No décor desses ambientes, desenhos lúdicos e animados são complementados pelo volume de brinquedos, jogos e outros objetos que periodicamente seja inspecionado pelos responsáveis para avaliar a conservação e fatores de segurança.

Piscina

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Dantas & Passos Arquitetura. Na foto, piscina em deck de madeira.
Projeto de Dantas & Passos Arquitetura.Maura Mello/Casa.com.br

Uma área de lazer próxima à piscina também é uma excelente ideia para aproveitar ao máximo o espaço nas horas livres. O mobiliário deve ser resistente às condições climáticas e composto por espreguiçadeiras, mesas e cadeiras com almofadas impermeáveis para sua durabilidade. “Toldos ou guarda-sóis não devem faltar para fornecer sombra e proteção nas horas com maior incidência de sol”, sugerem as arquitetas.

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Dantas & Passos Arquitetura. Na foto, área externa de piscina com espreguiçadeira e plantas.
Projeto de Dantas & Passos Arquitetura.Maura Mello/Casa.com.br

No capítulo segurança, o projeto da piscina não pode desconsiderar a instalação de revestimentos antiderrapantes no piso e a colocação de outros elementos ou móveis que possam representar riscos de acidentes. Para complementar, o paisagismo traz um toque de natureza e beleza ao espaço.

Projeto de Júlia Marques. Na foto, área gourmet externa integrada com piscina. Churrasqueira, mesa, cadeiras e forno de pizza.
Projeto de Júlia Marques.Produção visual: Tom Castro/Fotos: Luiza Schreier/Casa.com.br

Sala de conversação

Áreas de lazer: confira 5 tipos de espaços para incluir no projeto. Projeto de Dantas & Passos Arquitetura. Na foto, varanda com balanço, mesa de centro e poltronas.
Projeto de Dantas & Passos Arquitetura.Herman Charles Christ – Buzina de Imagem/Casa.com.br

Dedicado ao encontro e à interação social, é um convite para a troca de ideias, descontração da rotina, descompressão após um dia agitado, fomento a criatividade. À primeira vista, não parece um ambiente totalmente necessário, mas uma sala com essas características proporciona um ambiente propício para a interação entre familiares, amigos e convidados, de forma a fortalecer laços afetivos e criar memórias especiais.

Continua após a publicidade

Publicidade

©