Seja para bebês, crianças maiorzinhas ou irmãos de idades diferentes, os quartos infantis abaixo não deixam de proporcionar personalidade, charme e funcionalidade. Confira nossa seleção de 30 ambientes!

Urban Jungle delicada

Assinado por Amanda Chatah, sócia fundadora da Muskinha Design Divertido e designer, em colaboração com as arquitetas Clara Damasceno e Nayara Felix, da Mini Risca Arquitetura Infantil e da decoradora Carolina Alves, da Sheppy, o quarto de Antônio, filho da atriz Miá Mello tem como tema uma floresta repleta de animais.
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação/Casa.com.br

Assinado por Amanda Chatah, sócia fundadora da Muskinha Design Divertido e designer, em colaboração com as arquitetas Clara Damasceno e Nayara Felix, da Mini Risca Arquitetura Infantil e da decoradora Carolina Alves, da Sheppy, o quarto de Antônio, filho da atriz Miá Mello tem como tema uma floresta repleta de animais. O projeto faz parte do segundo episódio do reality/série “Mães à Obra”.

Temática espacial

Projeto Ieda e Carina Korman, à frente do escritório Korman Arquitetos.
<span class=”hidden”>–</span>Eduardo Pozella/Casa.com.br

Ieda e Carina Korman, à frente do escritório Korman Arquitetos, assina este dormitório para uma criança que sonha em ser astronauta. Um grande adesivo de parede ressalta essa paixão de forma lúdica e prática e, na marcenaria, nichos coloridos organizam os brinquedos, deixando tudo à mão.

Quarto multifuncional

Projeto de Fantato Nitoli.
<span class=”hidden”>–</span>Nathalie Artaxo/Casa.com.br

A proposta do escritório de arquitetura Fantato Nitoli para este quarto foi reformular os usos. A escrivaninha, uma bancada suspensa e um banco na lateral, que permite aos pais sentar ao lado no momento das lições e servir para armazenar seus brinquedos e livros – é um móvel versátil e um ótimo apoio ao lado da cama, servindo também como mesa de cabeceira. O espaço central permite que a criança brinque e dance. E as cores, flores e decoração têm como objetivo trazer um ar mais feminino, divertido e atemporal.

Candy Colors

O quarto de Nina, filha da atriz Miá Mello é romântico e traz uma paleta de cores em candy colors. O projeto é assinado por Amanda Chatah, sócia fundadora da Muskinha Design Divertido e designer, em colaboração com as arquitetas Clara Damasceno e Nayara Felix, da Mini Risca Arquitetura Infantil e da decoradora Carolina Alves, da Sheppy.
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação/Casa.com.br

O quarto de Nina, filha da atriz Miá Mello é romântico e traz uma paleta de cores em candy colors. O projeto é assinado por Amanda Chatah, sócia fundadora da Muskinha Design Divertido e designer, em colaboração com as arquitetas Clara Damasceno e Nayara Felix, da Mini Risca Arquitetura Infantil e da decoradora Carolina Alves, da Sheppy.

Brinquedoteca no sótão

Brinquedoteca assinada pelo estudio Menn
<span class=”hidden”>–</span>Marcelo Macedo/Casa.com.br

Um sótão que servia como depósito da casa foi transformado pelo Studio MEMM em uma encantadora brinquedoteca. O escritório foi responsável por conceber e concretizar esse ambiente voltado para crianças, onde a arquitetura se entrelaça com a diversão. A inspiração para o projeto surgiu do desafio de preservar elementos arquitetônicos, como diagonais, ligações e telhados, de forma lúdica e envolvente. Para unir esses itens à linguagem infantil, a equipe optou pela criação de nichos e do design do painel e da estante de madeira.

Nuvens nas paredes

Ieda e Carina Korman, à frente do escritório Korman Arquitetos
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Nesta proposta montessoriana, Ieda e Carina Korman, à frente do escritório Korman Arquitetos, adicionaram a cama em forma de casinha e a pintura no teto que desenha nuvens nas paredes. Para o conforto de não colocar os pezinhos descalços no chão, um tapete foi adicionado. Destaque também para a mesinha e as prateleiras de livros na altura da moradora.

Tema de dinossauros

Projeto da arquiteta Livia Amendola
<span class=”hidden”>–</span>Raiana Medina/Casa.com.br

Com 12 m², a brinquedoteca dos filhos da arquiteta Livia Amendola, sócia do engenheiro Rômulo Campos no escritório Travessa Arquitetura, foi setorizada em duas áreas: zona térrea, com espaço para desenhar e pintar e uma “cama-tatame” para os meninos descansarem ou lerem com mais conforto; zona aérea, com escorrega de um lado e escada com degraus-gaveta do outro que dão acesso ao tablado suspenso, com colchão e nichos laterais para guardar brinquedos e livros.

Closet com acabamento de vidro

Projeto de quarto infantil assinado por Fernanda Marques.
<span class=”hidden”>–</span>Rodrigo Zorzi/Casa.com.br

A arquiteta Fernanda Marques projetou esta alternativa para o quarto das crianças, tanto para os meninos quanto para as meninas: o closet possui acabamento externo de vidro transparente extra clear. As portas oferecem um design minimalista e atemporal, com acabamento metalizado. O sistema de parede Wall System (da Ornare), inclui painéis e prateleiras com iluminação embutida em LED.

Marcenaria delicada

projeto assinado por Paula Neder
<span class=”hidden”>–</span>Sambacine/Casa.com.br

Neste projeto assinado por Paula Neder o desenho da marcenaria do cama chama a atenção: além de funcionar como um acessório de segurança, o design traz leveza ao quarto com beliche. Destaque também para o cenário criado pelo papel de parede com cactos.

Estímulo à autonomia

Vanessa Paiva e Claudia Passarini, do escritório Paiva e Passarini Arquitetura
<span class=”hidden”>–</span>Xavier Neto/Casa.com.br

No quarto assinado pela dupla de arquitetas Vanessa Paiva e Claudia Passarini, do escritório Paiva e Passarini Arquitetura, o objetivo foi incentivar a autonomia da criança para que ela possa, sozinha, descer da cama, pegar os brinquedos e até escolher suas roupinhas. A marcenaria da cama parece uma cerquinha e a parede onde está a porta do banheiro simula uma casinha.

Teto colorido

Projeto de Studio 92 Arquitetura
<span class=”hidden”>–</span>Mariana Orsi/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Este quarto projetado pelo Studio 92 Arquitetura destaca o teto com pintura cor uva, fazendo um contraponto com o tom claro do MDF usado em todo mobiliário. O romantismo fica por conta da sutileza da palha sintética usada nas portas do armário e na delicadeza do papel de parede. Destaque para um estreito aparador que serve de apoio para cama e foi revestido com madeira ripada em tom verde pastel e tampo de madeira natural.

Com tema de futebol

escritório Spaço Interior
<span class=”hidden”>–</span>Kadu Lopes/Casa.com.br

Com uma proposta imersiva, o escritório Spaço Interior propôs um quarto radical composto por diversas possibilidades e brincadeiras. Junto com os suportes que acomodam os livrinhos, há um espaço reservado para a coleção de bolas de futebol e outro para os bonecos de ação. A proposta foi explorar a imaginação com um grande espaço central e circulação fluída.

Para dividir com o irmão

arquiteto Pietro Terlizzi
<span class=”hidden”>–</span>Guilherme Pucci/Casa.com.br

Para que desde cedo as crianças dessa casa pudessem aprender sobre a importância de compartilhar e respeitar espaço do outro, o arquiteto Pietro Terlizzi projetou este amplo dormitório com três camas. O destaque principal é lousa-cama, um móvel reclinável na vertical que, quando ‘guardada’, se transforma em uma enorme lousa para desenhar. O piso em assoalho de madeira maciça cumaru foi escolhido por auxiliar no abafamento de som (acústico) do ambiente, além de ser é ideal para as crianças brincarem descalças.

Vários andares

projeto de Ana Cano
<span class=”hidden”>–</span>Gustavo Bresciane/Casa.com.br

Um mezanino com brinquedoteca e a cama beliche marcam este projeto de Ana Cano, que tira proveito da altura do ambiente. Para dar mais sensação de amplitude, a marcenaria é branca e ganha detalhes em palha. Destaque para o papel de parede com estampa que remete ao cenário de uma cidade.

Quarto gamer

arquiteta Débora Durigon
<span class=”hidden”>–</span>Ricardo Migliorini/Casa.com.br

A arquiteta Débora Durigon projetou um espaço dedicado ao hobby do filho do casal: os games. O pré-adolescente, que faz coleções de bonecos, especialmente os da legião do Star Wars, ganhou um quarto temático. Em uma das paredes, a arquiteta criou um revestimento com a imagem da nave espacial e na parede oposta uma estação de jogo com joystickers, volantes, pedal e outros apetrechos para deixar as competições mais emocionantes e divertidas. Ainda neste espaço do gamer, há um fliperama, que dá um certo ar retrô, mas está totalmente inserido na linguagem do ambiente.

Para quem ama gatos

arquiteta Cristiane Schiavoni
<span class=”hidden”>–</span>Carlos Piratininga/Casa.com.br
Continua após a publicidade

A arquiteta Cristiane Schiavoni se inspirou na temática de gatinhos, pois a moradora mirim é apaixonada pela felina de estimação da família. Por estar alcançando a fase de pré-adolescência, nota-se que a estrutura foi realizada para acompanhá-la em seu crescimento em função das dimensões da cama, a bancada de estudos (que também é uma penteadeira) e os nichos instalados na parede ao lado da cama. “Quando ela passar dessa fase, é muito fácil: basta uma simples troca papel de parede e a coleção de brinquedos disposta na marcenaria”, enfatiza a profissional.

Estilo Montessoriano

projeto assinado por Manuela Santos
<span class=”hidden”>–</span>Laura Vilela/Casa.com.br

A cama em formato de casinha ganha leveza com o tom esverdeado neste projeto assinado por Manuela Santos. Para complementar o décor, tons claros, papel de parede estampado e muitas almofadas. Repare no tapete com o alfabeto.

Com armário de vidro

Projeto Lilian Coelho
<span class=”hidden”>–</span>Rodrigo Zorzi/Casa.com.br

A arquiteta Lilian Coelho apostou na delicadeza da transparência do vidro e a leveza dos perfis de alumínio da linha Crystal Case, com as prateleiras com iluminação acoplada da Wall System (todos da Ornare), neste decorado do empreendimento Infinity Alphaville da JMF Construtora e Incorporadora. Juntos, eles oferecem um visual de vitrine para a suíte das meninas.

Jardim encantado

Fotos do quarto da Maria Clara, projetado pela arquiteta Bia Morais
<span class=”hidden”>–</span>Júlia Tótoli/Casa.com.br

Neste quarto de bebê projetado pela arquiteta Bia Morais, a natureza foi o elemento escolhido para levar vida, alegria e encanto ao espaço de aproximadamente 10 m². Na parede principal, um jardim florido, pintado à mão pelos artistas Raquel e Caio Lobato, cria um cenário cativante. Tons claros de rosa predominam no ambiente e transmitem suavidade e delicadeza. O pórtico amadeirado que envolve a área do berço traz aconchego e chama a atenção para o móvel.

Brinquedoteca colorida

Projeto patricia pena
<span class=”hidden”>–</span>Leandro Moraes/Casa.com.br

A arquiteta Patricia Pena elaborou uma marcenaria inteligente, colorida e repleta de nichos para a organização dos brinquedos. A essência recreativa dessa brinquedoteca é percebida pelas cestas de palha em formato de girafas e os pufes de lhama e rinoceronte. O chão ganhou um grande tapete com desenhos de macaquinhos.

Delicadeza para o bebê

Ariane Name
<span class=”hidden”>–</span>Divulgação/Casa.com.br
Continua após a publicidade

Neste dormitório de bebê, a arquiteta Ariane Name escolheu a ilha Little Luxury da Ornare, uma versão versátil e temática de armário. A ilha apresenta acabamentos em pintura metalizada Rose Gold, pintura brilho Rosebud e metalizado em ouro escovado. As gavetas são revestidas com couro natural.

Casa na árvore

autoria da Tune Arquitetura
<span class=”hidden”>–</span>Júlia Tótoli/Casa.com.br

De autoria da Tune Arquitetura, este quarto traz uma marcenaria bem trabalhada, flores pintadas à mão na parede e pontos coloridos. A estante no formato de árvore, desenhada pelo escritório, é a primeira coisa que chama atenção ao entrar no cômodo: uma pintura degradê em tons de azul, na parede maior, segue o conceito de “casa da árvore” e evoca a sensação de estar em um refúgio pessoal, quando se está no mezanino.

Design nórdico

LL Arquitetura
<span class=”hidden”>–</span>Kelly Queiroz/Casa.com.br

Este quarto de menina tem cabeceira em formato orgânico feita de madeira revestida em veludo e desenhos de gomos em diversos tamanhos, que criam movimento e sinergia. Os tons do papel de parede foram o ponto de partida para criar a paleta de cores em todo ambiente, na qual as matizes pastel harmonizam com a madeira natural da cama e com armários desenhando pela LL Arquitetura, responsável pelo projeto. Destaque para o desenho da cama com nicho para armazenar o colchão, gavetas e baús com detalhe em palha.

Tons suaves

Manuela Santos
<span class=”hidden”>–</span>André Nazareth/Casa.com.br

Os tons pastel presentes no papel de parede se repetem na marcenaria e nos acessórios deste quarto de bebê assinado por Manuela Santos – até a prateleira segue o design arredondado da estampa da parede.

Estilo clássico

Sala e quarto são repaginados para receber a nova bebê da família. Projeto Karen Pisacane. Na foto, quarto de bebê com berço, papel de parede e sofá.
<span class=”hidden”>–</span>Thiago Travesso/Casa.com.br

Assinado por Karen Pisacane, este quarto de bebê ganhou uma cara sofisticada e clássica: os móveis são da Lilian Pimenta Atelier, peças delicadas com acabamento natural. O papel de parede foi feito sob medida, em tons de cinza, e traz ilustrações de animais. A girafa de pelúcia veio de uma viagem e ganhou um espaço especial.

Para irmãos

Conheça o quarto dos filhos da atriz Milena Toscana. Projeto AS Arquitetura e Design.
<span class=”hidden”>–</span>Mariana Lima/Casa.com.br
Continua após a publicidade

No quarto do filhos da atriz e influenciadora digital Milena Toscano, o uso das cores verde claro, mostrada e terracota norteiam a decoração do dormitório de 15 m². Multifuncional, baú colocado entre as duas camas de madeira Taurí cumpre duas funções: guardar brinquedos, mantendo a organização do espaço, e servir de mesa de cabeceira. Projeto de Fernanda Sebrian e Gabriella Amadei, à frente do AS Design Arquitetura.

Da cor de macarons

Brinquedoteca gêmeos cor macarons Lovisaro Arquitetura decoracao marcenaria candy colors piscina de bolinhas tapete pufe escada
<span class=”hidden”>–</span>Victor Affaro/Casa.com.br

O escritório Lovisaro Arquitetura transformou o espaço de 19 m² onde funciona o escritório dos pais no cantinho das crianças. O pé-direito de 3,5 m permitiu a instalação de um mezanino e, com a altura, a marcenaria também ganhou um escorregador que dá em uma piscina de bolinhas. A paleta de cores foi inspirada em macarons, então todas superfícies e acessórios são de cores que remetem aos doces.

Wakanda para sempre

Quarto decoração filme Pantera Negra: Wakanda Para Sempr Westwing Marvel cama grafite
<span class=”hidden”>–</span>Gabriel Cabral/Casa.com.br

Este projeto, feito pelo WestwingDesign, tem como objetivo servir como inspiração aos fãs do MCU que querem trazer a magia dos filmes para casa. A arte na parede do Pantera Negra leva a assinatura do artista plástico Negritoo e todos os produtos utlizados fazem referência ao longa.

Mapa-múndi

Apê de 200 m² ganha décor que mescla móveis de acervo e peças novas. Projeto do Estúdio Maré. Na foto, quarto infantil com papel de parede de mapa mundi.
<span class=”hidden”>–</span>Fotos: Monica Assan / Produção: Bendita Bossa/Casa.com.br

No quarto das crianças, a proposta do Estúdio Maré foi mesclar os móveis existentes com uma nova mesa de cabeceira, arandelas e um adesivo de parede temático com mapa-múndi. Essa abordagem trouxe descontração e estilo ao quarto das crianças, atendendo às suas necessidades de crescimento e diversão.

Marcenaria azul

Projeto de Júlia Marques. Na foto,
<span class=”hidden”>–</span>Produção visual: Tom Castro/Fotos: Luiza Schreier/Casa.com.br

A marcenaria azul se destaca neste projeto assinado por Júlia Marques, que ganhou também um nicho para livros e uma parede escalada.

Publicidade

©