<span class=”hidden”>–</span>Gillian Haye/Dezeen

Com a pandemia, ter um lugar fora de casa para respirar ao ar livre virou desejo de muita gente. Cada um com sua demanda, construir uma cabana no jardim para trabalhar, escrever, fazer arte, brincar, meditar ou simplesmente relaxar e estar mais perto da natureza soa como luxo e sonho de consumo.

Por isso, em todo o mundo, explodiram os estúdios ou cabanas de jardim, pequenas estruturas instaladas para dar conta de alguma atividade que pedia espaço, privacidade e um lugar fora da casa, embora bem perto dela.

Alguns projetos se destacam pela simplicidade, materiais naturais e uma arquitetura descomplicada. Outros são mais tecnológicos, ousados e até extravagantes. Não importa o estilo, vale mesmo é conquistar um cantinho sob medida para as suas necessidades. Então, se você mora em casa, aproveite essas ideias para se inspirar.

1. Escritório de jardim na Alemanha

<span class=”hidden”>–</span>Christian-Burmester/Dezeen

Feito em tijolos pelo estúdio Wirth Architekten, este escritório de jardim na Baixa Saxônia funcionar como tudo, desde um espaço de estacionamento a uma sala de jantar.

Sua fachada conta ainda com grandes portas de madeira de carvalho e perfurações na alvenaria vermelha que ventilam e iluminam naturalmente o interior.

2. Estúdio de escritores na Escócia

<span class=”hidden”>–</span>Gillian Haye/Dezeen

A WT Architecture criou este pequeno estúdio de jardim para dois escritores do lado de fora de sua casa vitoriana em Edimburgo. A construção conta com uma base baixa de tijolos e uma estrutura de madeira e aço exposta, projetada para ser visualmente simples e ecoar uma estufa em ruínas que ocupava o local anteriormente.

3. Estúdio de cerâmica nos EUA

<span class=”hidden”>–</span>Philip Cheung/Dezeen

Aninhado entre árvores e acessado por uma ponte de madeira, este galpão é usado como estúdio e espaço de exibição para a ceramista Raina Lee. Ele foi criado por Lee com seu parceiro, o arquiteto Mark Watanabe, a partir de uma estrutura existente em seu quintal, em Los Angeles.

As peças de cerâmica são exibidas em prateleiras feitas a partir do reaproveitamento de caixas de transporte e galhos das árvores ao redor.

4. Estúdio de artista na Inglaterra

<span class=”hidden”>–</span>Johan Dehlin/Dezeen

Este estúdio de artista foi um dos dois pavilhões que o escritório de arquitetura Carmody Groarke criou no jardim de uma casa na zona rural de Sussex.

O espaço de trabalho ocupa as paredes de tijolo de uma casa de fazenda em ruínas, do século 18, que foi estendida com painéis de aço desgastado que emolduram grandes janelas e criam um abrigo ao ar livre.

5. Estúdio de fotografia no Japão

<span class=”hidden”>–</span>Shigeo Ogawa/Dezeen

Uma estrutura de madeira suporta paredes de plástico corrugado no estúdio de fotografia em plano aberto que a FT Architects criou no Japão.

Continua após a publicidade

Seu telhado de formato incomum foi projetado para maximizar o espaço aberto e minimizar os elementos estruturais que podem interferir no trabalho do fotógrafo.

6. Sala de jardim na Inglaterra

<span class=”hidden”>–</span>Ben Tynegate/Dezeen

A forma e a cor de uma alcachofra estavam entre as influências visuais nesta sala de jardim, que o Studio Ben Allen cobriu com telhas verdes. Seu interior possui espaço para trabalhar, receber hóspedes ou servir de abrigo para brincadeiras de crianças.

Construída a partir de um kit flat-pack de elementos de madeira cortados em CNC, a estrutura pode ser facilmente desmontada e reconstruída em outro lugar se seus proprietários mudarem de casa.

7. Galpão de escrita, Áustria

<span class=”hidden”>–</span>Andreas Buchberger/Dezeen

Um estúdio de escrita cheio de luz fica no nível superior deste galpão de madeira preta, que os arquitetos do Franz&Sue criaram ao adaptar um banheiro externo da década de 1930, perto de Viena.

Acessado através de uma escotilha de latão, o espaço apresenta uma abertura de vidro, assentos estofados e área de dormir. Também pode ser usado como quarto de hóspedes ou espaço de lazer.

8. Estúdio para relaxar, na Inglaterra

<span class=”hidden”>–</span>Ben Blossom/Dezeen

Apropriadamente chamado de Forest Pond House, este estúdio está suspenso sobre um corpo d’água escondido no jardim de uma casa de família em Hampshire.

A estrutura apresenta um casco de madeira compensada curvada com uma parede final envidraçada, que o estúdio TDO incorporou para imergir os ocupantes na natureza e ajudá-los a relaxar e se concentrar.

9. Estúdio de arte na Grécia

<span class=”hidden”>–</span>Yiannis Hadjiaslanis/Dezeen

Uma concha de concreto curvada envolve este estúdio de arte na Beócia, projetado pela A31Architecture para um artista, em uma área adjacente à sua casa.

Acessado por uma porta de madeira dentro de uma entrada envidraçada, possui um interior espaçoso em plano aberto para permitir que o proprietário construa grandes esculturas. Degraus flutuantes de um lado levam a mezanino onde o artista armazena suas obras.

10. Home office na Espanha

<span class=”hidden”>–</span>ImagenSubliminal/Dezeen

Este escritório de madeira em Madri é um protótipo do Tini, uma estrutura pré-fabricada projetada para ser encomendada online e entregue na traseira de um caminhão.

O estúdio de arquitetura Delavegacanolasso desenvolveu o projeto para ser construído a partir de aço galvanizado, placas de OSB e madeira de pinho local. Para evitar danos ao local, a estrutura chegou ao jardim com a ajuda de um guindaste.

*Via Dezeen

Continua após a publicidade

©