Assinada por Stephan Verkaik e Beth Horneman, a cadeira mescla dois mundos diferentes em um, dando aos proprietários a oportunidade de relaxar confortavelmente, enquanto o gato está brincando ativamente ao lado. Uma vez que os gatos sentem seu companheiro humano próximo e envolvido, eles são encorajados a usar a roda com mais frequência.

Reprodução/Designboom

“O grande problema com os produtos para animais de estimação é que, embora sejam bem projetados, eles nunca têm um posicionamento claro em nossas casas”, compartilham os designers da Catham.city. Com uma página de financiamento coletivo no Kickstarter para viabilizar o projeto, “The Love Seat” busca enfrentar esse problema de frente, criando sinergia entre gatos e humanos por meio de sua função.

Esta é uma abordagem incomum no mundo do design de animais de estimação, onde geralmente os produtos atendem às necessidades dos animais quase que exclusivamente ou adicionam um benefício humano passivo, como a estética. “Focamos mais na interação entre nós e nossos gatos, e como poderíamos melhorá-la de uma forma natural para ambos”, justificam as criadoras.

Reprodução/Designboom

A equipe da Catham.city se propôs a projetar “The Love Seat” da forma mais sustentável possível, com a meta de durar por sete vidas. Portanto, os criadores usaram faia de origem responsável, um tipo de madeira durável que dá à cadeira esse tipo de longevidade.

Reprodução/Designboom

Para a almofada, o design incorpora poliuretano reciclado (PU), um material que não deixa os gatos cravarem as unhas nele. Na verdade, o PU reciclado apresenta uma resistência a arranhões ainda melhor em comparação ao PU normal. “The Love Seat” é enviada como um pacote pequeno de automontagem, sem ter que ser separado em pacotes diferentes, minimizando assim o transporte e impactando positivamente a pegada de carbono.

*Via designboom

 

©











Loading...