Destaque nesse projeto da arquiteta Lucilla Mesquita, o painel ripado foi divido em duas cores, que circundam toda a área social. | Projeto por Lucilla MesquitaGisele Rampazzo/Casa.com.br

Eles estão com tudo na decoração! Versáteis, os painéis ripados se conectam a diversos elementos e podem ser vistos em diferentes ambientes.

“O painel ripado pode ser incorporado em todos os estilos de decoração justamente pela possibilidade de serem desenvolvidos tanto para quem prefere algo mais minimalista ou marcante”, revelam as arquitetas Fabiana Villegas e Gabriela Vilarrubia, do VilaVille Arquitetura.

Essa “brincadeira” com as cores tirou a monotonia do lugar e deixou o local alegre, refletindo a personalidade dos moradores. | Projeto por Lucilla MesquitaGisele Rampazzo/Casa.com.br

De acordo com as profissionais, por ser decorativo, o painel serve para quebrar a monotonia do ambiente, trazendo movimento e, muitas vezes, melhorando até mesmo a sensação de um pé direito baixo.

Como usar painel ripado na decoração

 

O ripado também fica muito bom para detalhes como nesse quarto, projeto da VilaVille Arquitetura. Atrás das ripas de madeira, as fitas de LED garantem a iluminação indireta. | projeto por VilaVille ArquiteturaJP Images/Casa.com.br

Para incorporar um painel ripado na decoração é importante ressaltar que ele pode ser utilizado em todos os ambientes. “Porém nas áreas molhadas ele precisa ficar suspenso para evitar contato com a água, independente do insumo utilizado para fabricar o painel”, alerta a arquiteta Lucilla Mesquita, que tem alguns projetos com o adorno.

Veja também

Lucilla revela ainda que é possível usar o ripado para revestir móveis de madeira, “mas o ripado precisa ter um contexto no ambiente”, ressalta.

Diferentes materiais

 

O painel ripado foi a escolha das profissionais do VilaVille Arquitetura para destacar a área social desse apartamento. O elemento foi aplicado na área do bar, cuja estrutura também serve de despensa para os itens da lavanderia, e na parede atrás do sofá. | Projeto por VilaVille ArquiteturaJP Images/Casa.com.br

Qual madeira escolher para o ripado? Lucilla explica que há diversos acabamentos, ou seja, a escolha depende do conceito do projeto. “Podemos fazer ripado com folha de madeira natural, MDF pronto que já vem com acabamento ou MDF para pintura em qualquer cor”.

Com tantas possibilidades, o que não falta são opções e estilos no mercado. Nos projetos do escritório VilaVille Arquitetura, por exemplo, as profissionais revelam que costumam usar madeira com aspecto mais quente e elementos neutros quando se fala numa textura mais lisa.

Nesse outro dormitório, a arquiteta Lucilla Mesquita criou a cabeceira com o ripado de madeira. O resultado: um décor delicado e com movimento sob medida. | Projeto por Lucilla MesquitaBicuBico/Casa.com.br

“Usamos bastantes painéis ripados em nossos projetos. Além de trazer um diferencial ao ambiente, é versátil, decorativo e pode até ganhar iluminação entre as ripas”, complementam Fabiana e Gabriela.

Além de marcenarias que fazem o produto sob medida, também é possível encontrar o painel a pronta entrega. “Há painéis prontos no mercado, de fácil instalação que tem um custo-benefício bem legal”, conclui Lucilla.

©











Loading...