Reprodução/Giphy

Se você achava que apenas a rotina consegue solucionar a sua insônia, peraí que nem tudo está perdido. Afinal, não é sempre que conseguimos mudar o nosso dia a dia para dormir cedo e ter uma boa noite de sono. Existe até mesmo aqueles bichinhos da madrugada, que não conseguem de jeito nenhum deitar antes da meia noite.

Seja qual for o seu problema, existem dicas de como deixar o seu quarto favorável para dormir, seguindo, literalmente, elementos que se adicionam em ambientes ideais para os bebês – sim, aqueles que passam boa parte do dia cochilando! Muitos móveis e estratégias que ajudam os pequenos a dormir também podem ser usados por adultos! Confira:

Cortinas blackout são necessárias

 

Reprodução/Giphy

Um quarto escuro é realmente crucial para definir o cenário de sono adequado, independentemente da sua idade. A chave neste processo? Bloquear o máximo de luz natural. Os mais indicados são os instalados no interior da moldura da janela –  já que as montadas acima permitirão a entrada de brilho e podem atrapalhar o seu descanso.

Caso esteja procurando um projeto DIY, pendurar sacos de lixo pretos com fita adesiva traz o mesmo efeito e ainda não pesa no bolso.

Dê uma chance ao ruído branco

 

Reprodução/Giphy

Os aparelhos de ruído branco são ótimos e o recomendado é tocar sons que correspondam ao “som rosa”, pois pode proporcionar a um sono mais longo e profundo. Se você preferir manter telas, alto-falantes e outras tecnologias fora do seu quarto, considere uma máquina de ruído branco low-fi. Vai funcionar da mesma forma, e qualquer coisa que soe suave ou estável deve servir.

Vista sua cama com lençóis frescos

 

Lauren Kolyn/Apartment Therapy

A cor ou o padrão de sua roupa de cama não é tão importante quanto o tecido. Procure algo que seja macio e permita que você durma confortavelmente durante a noite. Geralmente, o algodão é o tecido preferido para bebês, pois é respirável, macio, fácil de lavar e está disponível em muitos estilos e cores.

Veja também

O mesmo vale para adultos. Se você mudou para lençóis de linho ou seda, que têm sido muito populares ultimamente, tente voltar um pouco para o clássico para ver se você nota a diferença.

Use a cor da sua parede a seu favor

 

Lauren Kolyn/Apartment Therapy

Embora o tom da parede não tenha necessariamente uma correlação direta com o sono, tonalidades calmantes – como azuis e verdes frios e tons de cinza – são ideais para quartos. O objetivo é criar uma atmosfera tranquila e que conduza ao relaxamento e ao descanso.

O melhor é evitar neons e outros tons energéticos, como laranja ou rosa brilhante. Qualquer coisa que coloque seus sentidos em ação tem o potencial de perturbar a sua noite.

Diga adeus à luz azul

 

SHVETS production/Pexels

Qualquer luz pode atrapalhar o sono, mas bloqueie, principalmente, a luz azul. O brilho da sua TV, tela do celular e até mesmo das lâmpadas noturnas brancas podem te atrapalhar à noite – enganando seu cérebro para produzir aqueles hormônios “acordados”.

Resolva isso desligando todas as luzes e telas quando o sol se põe e usando óculos de bloqueio de luz azul. Se precisar deixar uma luz acesa durante a noite por qualquer motivo, utilize uma luz noturna. Algo pequeno que emita um brilho suave é sua melhor aposta.

Experimente um cobertor pesado

 

Reprodução/Giphy

Este não é indicado a bebês, mas pessoas dormem melhor com cobertores pesados. Enquanto os cientistas ainda estão tentando entender totalmente esse fenômeno, você certamente pode usufruir do item. Se você está procurando por algo que ficará bonito na ponta da cama o dia todo, como um acessório, pesquise estilos feitos à mão.

Ajuste a temperatura do seu espaço

 

Erik Mclean/Pexels

A temperatura corporal de todos cai alguns graus durante a noite. Como somos todos diferentes, o ideal é você brincar com temperaturas que funcionem melhor para você. Deixe o ambiente entre 15 a 19 graus, mas de 20 a 22 graus também pode funcionar, teste para saber o mais adequado ao seu corpo.

*Via Apartment Therapy

©











Loading...