Projetados para facilitarem a organização de ambientes, sendo eles pequenos ou grandes, os armários aéreos são ótimas apostas para organizar, mas sem ocupar espaço extra. Na sua execução, podem expressar diversos estilos decorativos, bem como cores e acabamentos como vidro, espelho e MDF, entre outros produtos.

“A solução é muito prática e pode se fazer presente em vários ambientes da casa”, relata a arquiteta Flávia Nobre, sócia da designer de interiores Roberta Saes no escritório Meet Arquitetura.

Na visão da dupla, os armários aéreos, além de auxiliarem na organização, também colaboram para que o visual daquele cômodo não pareça sobrecarregado, já que é possível mesclar com um móvel acima de uma janela, por exemplo, com a função de usar espaços mais baixos.

Os armários em tom intenso de coral são o grande diferencial da cozinha retrô, projetada pela designer de interiores Marina Linhares. Evelyn Müller/CASA CLAUDIA

Para decidir onde instalar, uma dica compartilhada por Roberta é avaliar a altura onde o armário será posicionado. “Sempre precisamos considerar a acessibilidade para que os moradores possam acessá-los com facilidade. Em uma cozinha, por exemplo, não podemos nos descuidar também da distância entre o armário e a bancada da cozinha. Ergonomia e mobilidade são fundamentais”, comenta.

Modelo ideal

 

Marcenaria revestida de espelho, dando a sensação de estar camuflada no ambiente. O sistema basculante da porta otimiza os espaçosHenrique Ribeiro/Casa.com.br

Quanto à escolha do modelo ideal para cada ambiente, essa resolução varia de acordo com o perfil dos moradores e o que eles pretendem armazenar. Roberta explica que, caso o objetivo principal de um armário na cozinha seja a disposição de copos, o ideal é que as prateleiras sejam mais altas para que recebam com conforto a altura do item. “No contraponto, o local destinado às xícaras já pode apresentar repartições mais baixas”, completa.

Veja também

No caso de banheiros pequenos, os armários suspensos contribuem para uma locomoção facilitada do morador, uma vez que o projeto não precisa considerar outros mobiliários de chão para organizar as toalhas, por exemplo.

O revestimento em chevron nos tons rosa, cinza e branco trouxe personalidade para a pequena cozinha. Os armários com acabamento brilhante completa a ambientação com estilo. O projeto é do escritório Andrade & Mello ArquiteturaLuís Gomes/Casa.com.br

“Além da personalização interna, também é possível ajustar os modelos com relação aos sistemas de abertura ou até mesmo sobre altura. Se o projeto nos permitir instalar armários até o teto, melhor ainda. Quanto mais área disponível melhor!”, declara a arquiteta Flávia.

Estilos e criatividade nos armários aéreos

 

Exemplo de móvel suspenso projetado pelo Meet Arquitetura para uma lavanderia pequenaHenrique Ribeiro/Casa.com.br

Ainda de acordo com Flávia Nobre, os móveis podem contar com adicionais como portas de vidro, valorizando os itens que serão expostos, e dispor de fitas de LED nas prateleiras internas, agregando um charme ainda maior. Uma outra opção mais sofisticada é conceber as prateleiras em vidro.

Em banheiros, uma decisão acertada é investir no acabamento com espelhos, uma espécie de solução dois em um. Passando para as lavanderias pequenas, o uso desse tipo de móvel deixa o ambiente funcional, pois deixa organizado sem atrapalhar.

Na cozinha, os nichos abaixo dos armários aéreos possibilitam a exposição de pratos, copos e taças, além de livros de receitas e plantinhasHenrique Ribeiro/Casa.com.br

“Nas cozinhas, gostamos bastante de trabalhar com nichos embaixo do armário aéreo para expor objetos decorativos”, declara a arquiteta. Flávia completa com a informação que os nichos devem ser pensados para fazer parte do décor, pois na altura da visão de todos, evocam um destaque ainda maior.

©











Loading...