Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no Largo da Batata



Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

A décima edição da Virada Sustentável em SP tem início nesta quarta-feira, 16, e será marcada por um misto de atividades presenciais e virtuais. O formato inédito foi adotado devido à pandemia do novo coronavírus, mas a expectativa da organização é que a programação online permite a participação de mais pessoas ao redor do mundo. A Virada acontecerá ao longo de cinco semanas, até o dia 18 de outubro, e envolverá uma série de atividades incluindo debates, apresentações de dados da ONU, intervenções artísticas, projeções de luzes, cinemas drive-in e grafites. A abertura do evento, nesta quarta-feira, 16, será marcada pela instalação “Eggcident”, do artista holândes Henk Hofstra, que será instalada à noite na região do Largo da Batata. Neste ano, o evento ocorre também em meio a queimadas históricas na região da Amazônia e a incêndios devastadores no Pantanal.

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

 

A obra consiste em uma série de esculturas em formato de ovo frito instaladas no aslfalto para protestar contra o aquecimento global e as mudanças climáticas, chamando a atenção para as elevadas temperaturas da calçada. A obra já foi instalada em diversas cidades pelo mundo, incluindo Fortaleza e Santiago, no Chile. A instalação chegará à capital paulista na madrugada entre quarta-feira e quinta-feira, 17. Também faz parte da abertura a ação “Juntes Recriamos o Futuro”, do coletivo Projetemos, que exibirá projeções simultaneamente em São Paulo, Salvador, Fortaleza, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Manaus em diversas empenas de edifícios nas cidades. As projeções abordarão o tema do futuro desejado para a humanidade, e foram trabalhadas por um time de designers e ilustradores. 

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

Ainda na primeira semana, até sexta-fiera, 18, ocorrerão mais três eventos. O primeiro deles será a instalação “Olha pro Céu, Meu Amor”, também no Largo da Batata. A ação consistirá em um túnel que convida os pedestres a lerem frases escritas sobre consumo consciente. O segundo evento da semana será a performance “Homem Sutentável”, que é apresentada desde 2016 mas foi ressignificada com a pandemia. Por fim, na sexta-feria, será transmitida online uma palestra da economista britânica Kate Raworth, criadora da Economia Donut (“Doughnut Economics”) e focada em pesquisas sobre os desafios ecológicos para a economista do século XXI. A palestra faz parte do Fórum Virada Sustentável, inteiramente transmitido online, que contará também com a participação do arquiteto William McDonough, conhecido por seu trabalho com arquitetura sustentável e economia circular. Para assistir às palestras, basta se inscrever gratuitamente na atividade de interesse no site da Virada Sustentável.

Outro destaque da programação é o Cem Minas na Rua, na Lapa, evento em que 22 mulheres irão grafitar 150 metros lineares de murais da região. Elza Soares também participará da Virada, em uma conversa sobre a resistência da mulher negra na sociedade brasileira. E, na Zona Sul de São Paulo, ocorrerá uma carreata poética do Centro Cultural Grajaú em direção ao Masp em homenagem à autora Carolina Maria de Jesus em que trechos de seu livro “Quarto de Despejo” serão lidos por 9 poetas acompanhados da filha da autora, a professora Vera Eunice. 

 

Por fim, a Virada ainda terá filmes exibidos em formato drive-in para adultos e crianças, e também contará com o Festival de Luzes na capial paulista. O festival é o principal evento nacional de projeções mapeadas da cidade, e trará o tema “Uma Visão do Futuro” misturando arte, tecnologia e arquitetura. Veja a programação completa da Virada Sustentável 2020 aqui.

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

©











Loading...

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no Largo da Batata



Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

A décima edição da Virada Sustentável em SP tem início nesta quarta-feira, 16, e será marcada por um misto de atividades presenciais e virtuais. O formato inédito foi adotado devido à pandemia do novo coronavírus, mas a expectativa da organização é que a programação online permite a participação de mais pessoas ao redor do mundo. A Virada acontecerá ao longo de cinco semanas, até o dia 18 de outubro, e envolverá uma série de atividades incluindo debates, apresentações de dados da ONU, intervenções artísticas, projeções de luzes, cinemas drive-in e grafites. A abertura do evento, nesta quarta-feira, 16, será marcada pela instalação “Eggcident”, do artista holândes Henk Hofstra, que será instalada à noite na região do Largo da Batata. Neste ano, o evento ocorre também em meio a queimadas históricas na região da Amazônia e a incêndios devastadores no Pantanal.

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

 

A obra consiste em uma série de esculturas em formato de ovo frito instaladas no aslfalto para protestar contra o aquecimento global e as mudanças climáticas, chamando a atenção para as elevadas temperaturas da calçada. A obra já foi instalada em diversas cidades pelo mundo, incluindo Fortaleza e Santiago, no Chile. A instalação chegará à capital paulista na madrugada entre quarta-feira e quinta-feira, 17. Também faz parte da abertura a ação “Juntes Recriamos o Futuro”, do coletivo Projetemos, que exibirá projeções simultaneamente em São Paulo, Salvador, Fortaleza, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Manaus em diversas empenas de edifícios nas cidades. As projeções abordarão o tema do futuro desejado para a humanidade, e foram trabalhadas por um time de designers e ilustradores. 

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

Ainda na primeira semana, até sexta-fiera, 18, ocorrerão mais três eventos. O primeiro deles será a instalação “Olha pro Céu, Meu Amor”, também no Largo da Batata. A ação consistirá em um túnel que convida os pedestres a lerem frases escritas sobre consumo consciente. O segundo evento da semana será a performance “Homem Sutentável”, que é apresentada desde 2016 mas foi ressignificada com a pandemia. Por fim, na sexta-feria, será transmitida online uma palestra da economista britânica Kate Raworth, criadora da Economia Donut (“Doughnut Economics”) e focada em pesquisas sobre os desafios ecológicos para a economista do século XXI. A palestra faz parte do Fórum Virada Sustentável, inteiramente transmitido online, que contará também com a participação do arquiteto William McDonough, conhecido por seu trabalho com arquitetura sustentável e economia circular. Para assistir às palestras, basta se inscrever gratuitamente na atividade de interesse no site da Virada Sustentável.

Outro destaque da programação é o Cem Minas na Rua, na Lapa, evento em que 22 mulheres irão grafitar 150 metros lineares de murais da região. Elza Soares também participará da Virada, em uma conversa sobre a resistência da mulher negra na sociedade brasileira. E, na Zona Sul de São Paulo, ocorrerá uma carreata poética do Centro Cultural Grajaú em direção ao Masp em homenagem à autora Carolina Maria de Jesus em que trechos de seu livro “Quarto de Despejo” serão lidos por 9 poetas acompanhados da filha da autora, a professora Vera Eunice. 

 

Por fim, a Virada ainda terá filmes exibidos em formato drive-in para adultos e crianças, e também contará com o Festival de Luzes na capial paulista. O festival é o principal evento nacional de projeções mapeadas da cidade, e trará o tema “Uma Visão do Futuro” misturando arte, tecnologia e arquitetura. Veja a programação completa da Virada Sustentável 2020 aqui.

Virada Sustentável tem início em SP com instalação de artista holandês no  Largo da Batata  (Foto: Reprodução / Instagram )

 

©











Loading...
WordPress: 7.02MB | MySQL:85 | 0.205sec