Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido



Não é novidade que o avanço da tecnologia tem desafiado as leis da natureza e aspectos sociais. Depois da Sophia – o primeiro robô com inteligência artificial a receber cidadania saudita – conhecemos Ai-Da, um robô humanoide que anda, fala e se dedica a obras artísticas. Na última quarta-feira (12/06), foi inaugurada sua primeira exposição, Unsecured Futures (“Futuros Inseguros”), na Universidade de Oxford, no Reino Unido, com pinturas abstratas, desenhos realistas e esculturas tridimensionais.

 

 

 

 

Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido (Foto: Divulgação)

Invenção do diretor da galeria homônima, Aidan Meller, Ai-Da tem seu nome em homenagem à matemática britânica e pioneira da computação Ada Lovelance e foi desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a Universidade de Leeds. Seus movimentos operam com o auxílio de uma câmera embutida em seus olhos, um braço mecânico e algoritmos desenvolvidos pelos cientistas.

Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido (Foto: Divulgação)

A câmera analisa os objetos à frente do robô e cria um percurso virtual impulsionado por algoritmos de execução que produzem coordenadas do espaço real para o braço robótico. Assim, é possível que o reconhecimento facial seja realizado por Ai-Da através de seus glóbulos oculares e expressos em desenhos de retratos feitos a lápis. Para pintar, o processo é semelhante, porém os desenhos são introduzidos por meio de algoritmos de IA que, após interagir com o plano cartesiano, esboçam o desenho em dois eixos para criar as versões abstratas de sua arte. A (des)combinação de cores e traços é incrível.

Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido (Foto: Divulgação)

Tão impressionante quanto, a robô elaborou a escultura de uma abelha. Antes de ser impressa em 3D, a peça combinou o traço da artista, dados de uma microtomografia computadorizada de uma abelha real e inteligência artifical, que forneceu a noção dos movimentos do inseto. O aspecto gráfico impressiona. É possível ver as mínimas fissuras do inseto voador na escultura. Ai-Da, ainda, é poetisa e há vídeos seus que reverenciam uma literatura de prisão.

Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido (Foto: Divulgação)

A exposição Unsecured Futures ficará em cartaz até 6 de julho no St John’s College, nas dependências da Universidade de Oxford.

Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido (Foto: Divulgação)


 

Primeira artista robô humanoide do mundo expõe obras no Reino Unido (Foto: Divulgação)


 

Acompanha tudo de Casa Vogue? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais, o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

 

©