Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar



A reforma da área externa exige muitos cuidados – e um dos principais é a escolha do piso. Para esse ambiente, temos que ter a preocupação se o revestimento escolhido é antiderrapante ou se, pelo menos, ele apresenta uma textura mais áspera, diferentemente dos revestimentos para áreas internas, geralmente mais acetinados e brilhantes.

 

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Leonardo Finotti)

 

Apesar de exigirem alguns cuidados a mais para mantê-los sempre limpos, os pisos ásperos são os mais indicados para uso em varandas (e também os mais seguros para você e sua família). Devido ao contato frequente com a água da chuva, os revestimentos acabam ficando suscetíveis ao acúmulo de resíduos nas zonas rugosas, o que pode originar superfícies escorregadias ou ainda causar acidentes. A escolha correta, no entanto, pode minimizar esses riscos.

Para ajudar na sua decisão, preparei um guia explicativo sobre os tipos de revestimentos mais utilizados em áreas externas e em quais casos cada um deles é mais indicado. Confira:

Pisos cerâmicos

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Julia Ribeiro)

 

Com um dos melhores custos-benefícios, os pisos cerâmicos são os mais econômicos. Eles são resistentes para a áreas externas e possuem diversas estampas que imitam pedras e madeiras. Em sua grande maioria, são boleados, o que significa que o rejunte vai ficar com um espaçamento de 3mm a 6mm, dependendo do modelo. Se você não gosta de rejuntes aparentes, talvez deva evitar esse tipo de piso.

Porcelanatos

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Divulgação)

 

Os porcelanatos são uma excelente opção para áreas externas. Com um percentual de absorção quase nulo, eles não apresentam poros e são mais duráveis. Para quem gosta de combinar, existem fabricantes que produzem o mesmo modelo de porcelanato para áreas internas e externas. É uma opção que permite usar o mesmo piso em todos os ambientes, dando uma sensação de amplitude na casa ou apartamento.

Drenante

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Favaro Jr)

 

De modo geral, o piso drenante é composto de concreto com pedras granuladas. Sua composição permite que a água escoe (também é conhecido como piso permeável), facilitando o escoamento da água da chuva. Esse tipo de revestimento necessita ainda de um sistema de escoamento e pode ser usado como caminhos de jardins, entorno de piscinas, calçadas…

Pedras naturais

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Divulgação)

 

As pedras naturais são uma opção interessante para quem gosta de projetos com um ar mais rústico. Elas proporcionam conforto térmico e são muito versáteis, combinando diferentes formatos, cores, desenhos e paginações. Mármores e granitos, por exemplo, podem aparecer em ambientes internos, mas com uma textura antiderrapante também é possível utilizá-los nas áreas externas.

Decks de madeira

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Divulgação)

 

Os decks de madeira natural são versáteis, combinam com diversos estilos de projeto e proporcionam muito aconchego quando usados em varandas. Com maior durabilidade, podem ser usados sozinhos ou em composições com outros tipos de revestimentos, como pedras naturais, mármores e porcelanatos.

Pisos cimentícios

Piso para área externa: tudo o que você precisa saber antes de reformar (Foto: Fávaro Jr)

 

Também conhecido como concreto arquitetônico, o piso cimentício é bem indicado para a área externa por não reter tanto calor. Resistente, o revestimento pode ser encontrado em diversos tamanhos. Para quem gosta de grandes formatos, existem peças de até 1 m x 1 m em várias texturas e cores.

Dica de limpeza

Para a manutenção correta dos pisos da área externa, nunca utilize produtos de natureza ácida.  Já para a limpeza do dia a dia das pedras, porcelanatos e cimentícios, o mais  indicado é o uso de detergente transparente, além de contar com uma lavadora de alta pressão, que evita riscos nas peças com jatos mais suaves. E para o deck de madeira natural, além da limpeza com vassoura simples, existem detergentes próprios como o Skania Soap, da Indusparquet.

*Lilian Santos é formada em Design de Interiores e Marketing. Tem sempre um sorriso no rosto e um roteiro de viagem preparado. Trabalha em lojas especializadas em revestimentos há um tempão e criou o blog Revestindo a Casa para compartilhar todo seu conhecimento técnico, tendências e inspirações.

Acompanha tudo de Casa Vogue? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais, o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

 

 

©