Close up of dracaena fragrans home plant. Minimal style design on empty white wall background. Empty place your text (Foto: Getty Images/iStockphoto)

 

Uma planta que vai bem em ambientes internos e ainda melhora a qualidade do ar? Esse milagre da natureza existe e chama-se dracena (Dracaena fragrans). Também conhecida como pau d’água, a espécie tem outra qualidade que vai conquistar de vez os corações dos jardineiros de primeira viagem: é muito fácil de cuidar. 

 

 

 

 

“Nativa da África, a Dracaena fragrans é perfeita para jardineiros iniciantes”, diz Vanessa Guerreiro, da Botânica e Tal, de São Paulo. Segunda a especialista, ela se desenvolve bem dentro de casa desde que seja posicionada em local iluminado, mas sem sol direto.

Bouquet of Queen of Dracaenas flower (Dracaena goldieana) with blurred green leaves background. Dracaena fragrans is a small to medium-sized perennial with beautiful leaves at the time of flowering. (Foto: Getty Images/iStockphoto)

 

Com folhas verdes ou com listras verde-claras longitudinais (variegata), a pau d’água normalmente vem em vasos com três hastes de alturas diferentes. “E, surpresa, as plantas adultas produzem um cacho de pequenas flores brancas e perfumadas – daí a origem do nome científico fragrans.”

Perfeita para iniciantes: conheça a dracena, planta fácil de cuidar (Foto: Reprodução/Pinterest)

 

Como cuidar

Apesar do nome, ela não precisa de muita água – irrigá-la duas vezes por semana é suficiente. “O excesso provavelmente vai amarelar ou tirar o brilho das folhas. Mas, como a maior parte das plantas tropicais, ela ama umidade”, diz Vanessa.

“Por isso, vale borrifá-la duas vezes por semana, principalmente se o clima estiver muito seco. De vez em quando, uma boa ideia é passar um pano úmido nas folhas para tirar a poeira.”

Outras espécies

Madagascar Dragon Tree (Dracaena marginata tricolor). Close-up (Foto: Getty Images)

 

Dracaena é um gênero que reúne mais de 100 espécies. “A Dracaena marginata, na versão verde ou tricolor – a dracena tricolor –, tem as folhas mais finas e espetadas e fica linda dentro de casa, mas aí bem pertinho da janela”, indica a especialista.

Chinese Lucky bamboo, Dracaena sanderiana, isolated (Foto: Getty Images/iStockphoto)

 

“Já o bambu da sorte, aquela plantinha super-resistente à baixa luminosidade e que vai bem direto na água (sem terra), é a Dracaena sanderiana. Esta é uma boa opção para lavabo, hall de elevador e outros locais com pouca luz natural.”

 

Acompanha tudo de Casa Vogue? Agora você pode ler as edições e matérias exclusivas no Globo Mais, o app com conteúdo para todos os momentos do seu dia. Baixe agora!

©











Loading...