Estudio Guto Requena

Desenvolvido para as Olimpíadas Rio 2016, o Pavilhão Dançante de Guto Requena foi escolhido como melhor projeto arquitetônico comercial do mundo em 2016, vencendo a etapa mundial do Prix Versailles.

Estudio Guto Requena

O projeto já havia vencido na categoria continental do prêmio de arquitetura comercial, assim como o restaurante Viena Delish, assinado pelo escritório Todos Arquitetura.

Estudio Guto Requena

Promovido pela UNESCO e pela União Internacional dos Arquitetos, o Prix Versailles reconhece 70 projetos ao redor do mundo, divididos em seis regiões: África e Oeste da Ásia; América do Norte; América Central, do Sul e Caribe; Ásia Central e Nordeste; Sul da Ásia e Pacífico; e Europa. A última etapa envolve uma competição mundial.

Estudio Guto Requena

Neste ano, o júri foi composto por François de Mazières, Manuelle Gautrand, Guo Pei, Toyō Itō (vencedor do Pritzker em 2013), Gilles Lipovetsky, Guy Savoy, Wang Shu (Pritzker 2012) e Minja Yang.

Estudio Guto Requena

A cerimônia aconteceu na sede da UNESCO, em Paris, na última sexta-feira, 12.

Estudio Guto Requena

Confira mais detalhes do projeto no vídeo abaixo:

©