As guitarras do morador ficam suspensas na parede de drywall erguidas para dar lugar ao novo lavabo. Trabalho da Liv'n Arquitetura (Foto: Guilherme Pucci/ Divulgação)

 

Erguer uma parede naquela sala enorme que podia ganhar um home office parece uma boa ideia? O drywall pode ser a solução que você precisa. “As vantagens são inúmeras, começando pelo fato de que a obra acontece rapidamente, de forma limpa e quase sem resíduos”, conta a arquiteta Júlia Guadix, do escritório paulistano Liv’n Arquitetura. Em seu apartamento, ela multiplicou o espaço de um banheiro e fez surgir um lavabo extra. A parede nova utiliza o sistema construtivo.

 

“Ambientes sociais recebem as placas standard, de cor cinza; os molhados como banheiro, a verde, que resiste bem à água. Locais próximos a lareiras e churrasqueiras se beneficiam das vermelhas, que resistem ao calor. E ainda há a opção mais moderna de fechar tudo com placas cimentícias”, detalha Júlia.

No escritório, a parede de drywall recebeu um reforço interno para suportar o nicho suspenso. Projeto da Liv'n Arquitetura (Foto: Guilherme Pucci/ Divulgação)

 

Há outras vantagens. Mais fina, a parede de drywall economiza centímetros importantes em imóveis pequenos. São 7 cm de espessura, em média, contra pelo menos 11 cm das paredes de alvenaria mais magrinhas. A preocupação com o isolamento acústico pode ser solucionada duplicando-se as chapas de fechamento. Com esse recurso, ela passa a vencer as paredes comuns em uma comparação de divisórias com a mesma espessura.

O volume cinza, de drywall, esconde o novo lavabo do apartamento da arquiteta Júlia Guadix (Foto: Guilherme Pucci/ Divulgação)

 

 

 

A desvantagem mais visível é a pouca capacidade de suportar cargas pesadas, como armários ou prateleiras. Ainda assim, há possibilidade de ajustes. “Não é preciso reforçar uma parede para suportar um equipamento de ar condicionado, por exemplo, mas recomenda-se aplicar uma folha de madeira internamente aos perfis metálicos para apoiar uma TV”, complementa.  Financeiramente, os valores já se equiparam hoje. Uma parede comum vai gastar mais com mão-de-obra e tempo de reforma. Uma de drywall fica pronta em um ou dois dias. Consulte um arquiteto para estudar a melhor opção para o seu caso

©











Loading...