Geralmente posicionadas no centro do ambiente e escolhidas para chamarem a atenção, as luminárias pendentes são peças chave para toda decoração. E, quando associadas a iniciativas que valorizam a diversidade cultural e técnicas artesanais ancestrais, essas criações passam a dar luz às narrativas importantes não apenas para o design, mas para o mundo.

 

Quer forma mais significativa para evidenciar tais histórias do que colocar esses valores no centro de um ambiente? Pensando nisso, selecionamos seis pendentes potentes e cheios de significado para acender o seu décor.  Confira a seguir:

Luminárias pendentes: 6 peças notáveis para acender sua decoração (Foto: Reprodução)

 

1-Criado no Grajaú, bairro periférico de São Paulo, o designer Lucas Lima traz um contraste necessário para a cena do design local e internacional. Em suas criações, Lima busca sempre experimentar novas combinações de materiais, como foi o caso da Luminária Cabaça desenvolvida para a Itens. Com palha trançada na comunidade de Várzea Queimada, no Piauí, a peça combina vidro soprado, palha e latão em sua composição. No projeto de Cintia Aguiar Arquitetura na Fazenda Boa Vista, SP,  ela origina uma composição leve e original com o mobiliário rústico.

Luminárias pendentes: 6 peças notáveis para acender sua decoração (Foto: Reprodução)

 

2-Candice Lawrence é a jovem designer de produto sul-africana por trás da Modern Gesture . Fundada em 2012, a marca é especialista em explorar diferentes técnicas de produção e habilidades artesanais, ressignificando as histórias dos materiais para transmiti-los aos usuários. Com influências do povo sul-africano, a luminária Woven Necklace para 54kibo Home Decor leva o nome da joia africana que a inspirou. A peça apresenta um design contemporâneo africano e remete a forma de um colar.

Luminárias pendentes: 6 peças notáveis para acender sua decoração (Foto: Reprodução)

 

3-Criador do Estúdio Trindade, Wagner Trindade, ou Waguinho do Muchacho, é conhecido por suas peças em latão, ferro e madeira. O tiradentino herdou da infância o ofício de criar luminárias marroquinas junto do pai, Francisco de Paula Trindade, o Muchacho, e assinou peças com traços contemporâneos capazes de reunir todo o seu saber ancestral. A luminária Alves, apresentada durante a Semana Criativa de Tiradentes (2017) e cujo nome homenageia o designer Paulo Alves, é um exemplo de seu legado.

Luminárias pendentes: 6 peças notáveis para acender sua decoração (Foto: Reprodução)

 

4-Sara Efia Reddin, designer anglo-ganensa, compreendeu desde jovem o quão importante e especial era a coleção de itens artesanais de sua mãe. Inspirada pelas criações originárias de Gana, ela foi capaz de combinar o saber ancestral com o desenho contemporâneo em suas criações. Os pendentes Tier, da Golden Editions, empresa criada por ela, trazem na sutileza de seu traçado a valorização do artesanato local para o desenvolvimento da economia rural, cujas coleções são desenhadas na França e desenvolvidas em Gana.

Luminárias pendentes: 6 peças notáveis para acender sua decoração (Foto: Reprodução)

 

5-Stephen Burks é conhecido por criar objetos profundamente pessoais e feitos à mão, trazendo para o design um caráter empático que cria uma plataforma para vozes até então silenciadas. O pendente Babel, de Stephen para a Parachilna figura soberano nesta sala assinada pelo escritório Claude Missir Interiors. Entre a geometria das gravuras de Josef Albers e as poltronas Lady, de Marco Zanuso, a peça traz cores vivas com suas estruturas de alumínio. Quando combinadas aleatoriamente, elas tornam-se o ponto chave do ambiente.

 

Luminárias pendentes: 6 peças notáveis para acender sua decoração (Foto: Reprodução)

 

6-Filho de imigrantes nigerianos e residente em Cingapura e Suíça, Ini Archibong fez do design a forma de expressar a diversidade. Seu trabalho é caracterizado por um profundo interesse pelo artesanato e integridade do material escolhido e as lâmpadas do Lustre Moirai, criação para a Sé Collections, evidenciam isso. Segundo o designer, elas são como uma “constelação de nuvens” em que a técnica de trabalho com vidro resulta em várias combinações e tonalidades de cristal. Uma variedade de possibilidades que reforça a diversidade que tanto o representa.

 

©











Loading...