Royal Academy of Arts

Uma das principais instituições de arquitetura do mundo, o The Royal Academy of Arts lançou, neste ano, dois novos prêmios com o objetivo de “demonstrar e aumentar o papel da RA como um campeão mundial da arquitetura”. O principal deles, o Royal Academy Architecture Prize 2018 acaba de anunciar sua primeira vencedora: a arquiteta japonesa Itsuko Hasegawa.

Shonandai Cultural Centre, em Kanagawa, Japão, 1990.Royal Academy of Arts

“Descrita pelo júri como “uma das mais importantes arquitetas do Japão“, Hasegawa foi em grande parte pouco reconhecida apesar de sua contribuição significativa para a arquitetura moderna, tanto no Japão como em todo o mundo”, explica o anúncio oficial.

Yamanashi Fruits Museum, em Yamanashi, Japão, 1995.Royal Academy of Arts

Seu trabalho, caracterizado pelo RA por ter uma leveza de toque, com materiais simples e formas dinâmicas, já havia recebido outros prêmios, como o Design Prize do Architectural Institute of Japan, em 1986; o Japan Cultural Design Award; e o Japan Art Academy Award, em 2000.



Suzu Performing Arts Centre, em Ishikawa, Japão, 2006.Royal Academy of Arts

Entre suas obras, se destacam o Shonandai Cultural Centre (Kanagawa, 1990), o Suzu Performing Arts Centre (Ishikawa, 2006) e o Yamanashi Fruits Museum (Yamanashi, 1995).

Shonandai Cultural Centre, em Kanagawa, Japão, 1990.Royal Academy of Arts

Formada pela Kanto Gakuin University, Itsuko fundou seu próprio escritório em 1979. Em 1997, a arquiteta foi eleita como Honorary Fellow do RIBA (Royal Institute of British Architects) e, em 2006, foi uma das escolhidas como Honorary Fellows do AIA (American Institute of Architects).

Veja Também: O móvel moderno no Brasil

CASA CLAUDIA

©









Agoda WW


Loading...
Sunsky-online WW
Aliexpress WW