Nathalie Artaxo/Casa.com.br

Já imaginou poder desfrutar daquele tempo ao ar livre, tomar um Sol e relaxar como no interior, mas tudo na cidade? Era justamente isso que um casal com filho pequeno estava buscando para seu apartamento em Moema, bairro de São Paulo. Essa tarefa aparentemente inconciliável de transformação do terraço ficou com o escritório Macro Arquitetos.

Nathalie Artaxo/Casa.com.br

Como o imóvel era dos anos 1970, as acomodações da área do terraço estavam desatualizadas e sem identidade. Não havia ainda um uso específico para a área, que estava vazia e descoberta. O plano era criar um local de lazer, mantendo a privacidade da área íntima do apartamento com uma pegada descontraída e contemporânea que tivesse elementos rústicos e aconchegantes. Madeira, concreto e aço corten são os principais materiais.

Nathalie Artaxo/Casa.com.br

O primeiro passo foi a realização de uma nova cobertura em estrutura metálica e vidro laminado, com fechamento em vidro criando um espaço de permanência na área, antes descoberta. Toda a área de cozinha e gourmet foi feita sob medida e as instalações hidráulicas e elétricas foram refeitas, assim como a impermeabilização do espaço. O vidro foi escolhido para preservar a bela vista do imóvel.

Mobiliário funcional

 

Nathalie Artaxo/Casa.com.br

Para os locais de preparação das refeições e drinks, os profissionais montaram uma grande bancada, a qual abriga churrasqueira, bar e cozinha; o cooktop na ilha integra a área de estar e cozinha com banquetas de apoio frontal. Uma mesa de apoio pode ser movimentada (ou recolhida) dependendo da ocasião. Ao lado, um grande banco de madeira emoldura a janela.

Nathalie Artaxo/Casa.com.br

Na área da piscina, o deck em madeira plástica ecológica e reciclada percorre toda a borda. Ao fundo, um jardim vertical é abraçado pela estrutura metálica, com o mesmo acabamento corten usado na cobertura da área gourmet. Para iluminação, foram utilizadas luzes laterais e pontuais, garantindo um clima descontraído.

Nathalie Artaxo/Casa.com.br

Segundo os arquitetos, o que mais gostaram no projeto é a “flexibilidade de ser um espaço totalmente aberto, mas ao mesmo tempo fechado e protegido e também pelo seu viés contemplativo, pois é possível acompanhar a mudança da paisagem, já que as vedações são todas em vidro, tendo uma constante mudança no plano de fundo do espaço”. Confira mais fotos na galeria abaixo!

Macro Arquitetos – Moema (22)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (24)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (11)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (16)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (14)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (4)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (23)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (26)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (13)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (21)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (8)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (6)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (25)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (18)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (17)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (2)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)
Macro Arquitetos – Moema (20)(Nathalie ArtaxoCasa.com.br)

 

©











Loading...