Já pensou em morar em uma casa redonda com várias formas geométricas no entorno? Pois essa é a proposta que a arquiteta Nat Telichenko trouxe em seu projeto Baan Bubble. Criada em uma área de residências particulares em Carcóvia, Ucrânia, o formato de bolha dá ao lugar um aspecto diferente de todas as outras moradias do local. 

Ivan Avdeenko/Casa.com.br

A casa tem um charme futurístico, não só em razão ao formato que abre mão de bordas retas — e se assemelha a um iglu — como também nos detalhes que foram cuidadosamente escolhidos para trazer essa atmosfera.

A estrutura possui uma única parede reta que é toda forrada de espelhos. Isso ajuda a dar uma amplitude maior aos 100 m² da casa e, de quebra, reafirma o visual futurista que a arquiteta tanto queria. 

Ivan Avdeenko/Casa.com.br

No interior do local, móveis de cores contrastantes — como um sofá vermelho junto a cadeiras prateadas — ganham destaque e criam um estilo aconchegante e, como já era esperado, futurista. A arquiteta criou uma harmonia em que o lado de fora e o de dentro se conversam. 

Ivan Avdeenko/Casa.com.br

A casa também possui uma série de tecnologias que ajudam a garantir conforto térmico. Durante o inverno ela absorve maior energia do sol, e no verão a sensação é de que está bem mais fresco. 

Ivan Avdeenko/Casa.com.br

A especialista criou um jardim chinês para apreciar a vista na parte de fora da residência com uma piscina infinita vermelha ocupando o centro do espaço. A residência foi projetada perto de um lago, onde os visitantes poderão aproveitar um belo pôr do sol no terraço da Bubble.

 

©











Loading...