Reprodução/bloomscape

As plantas com baixa manutenção e bonitas se tornaram produtos básicos para muitas residências. Porém, para os colecionadores, que buscam variedades exclusivas, apresentamos a Bromélia.

Conhecida pelas flores vibrantes e duradouras, elas podem até gerar abacaxis comestíveis! Nativas de ambientes tropicais e subtropicais, a espécie possui folhas verde-escuras exuberantes, dando um toque a mais a qualquer casa ou apartamento.

Reprodução/bloomscape

Tons de rosa, amarelo, laranja, vermelho ou roxo dos ramos também podem entrar no mix para adicionar elementos vibrantes ao espaço. Além de sua aparência única, as bromélias são fáceis de cuidar, não apresentam riscos aos animais de estimação e, ainda, purificam o ar do local.

Apenas fique atento com a rega, já que esta requer uma técnica não tradicional: molhe apenas o centro do vaso, em vez de todo o solo.

Conheça suas variedades mais comuns e dicas para cuidar:

Bromélia Abacaxi

 

Nada mais extravagante do que ter uma bromélia abacaxi vivendo na sua sala de estar. Essas, cultivam um fruto comestível por planta, mas a planta-mãe pode originar mudas que eventualmente produzirão suas próprias frutas. 

Veja também

Sendo um ótimo investimento, por conseguir fornecer o alimento ao longo dos anos, os abacaxis se mostram maduros e prontos para serem consumidos quando a casca externa apresentar uma cor amarela vibrando – semelhante ao que você compraria no supermercado.

Bromélia Aechmea Rosa

 

As flores coloridas e resistentes dessa espécie marcará presença na sua decoração. Além de durar, até seis meses, proporcionam um ambiente descontraído.

Chesna/Pixabay/Reprodução

Os ramos da Bromélia Aechmea Rosa são “epífitas” e desenvolvem raízes mínimas, obtendo nutrientes do ar, chuva e folhagem.

Como cuidar:

 

As bromélias crescem em solos sombreados ou presas a árvores tropicais, como as epífitas em seu habitat natural. Logo, se adaptam facilmente ao novo espaço, tornando o processo de introduzi-la na sua casa muito mais fácil.

veorganico.wordpress.com/Reprodução

Elas são consideradas plantas de interior simples e preferem uma área com luz solar indireta e brilhante – iluminação insuficiente levará a um crescimento mais lento. Molhe a bromélia abacaxi quando perceber que 75% da superfície do solo está seco e adicione a água até ver que fluiu para fora do orifício de drenagem. Nunca deixe água parada no pires.

fazfacil.com.br/Reprodução

Já as Bromélia Aechmea Rosa precisam ser regadas no centro e não no solo – importante, também, esvaziar, enxaguar e reabastecer a cada duas semanas, para evitar acúmulo de sal e minerais. Como um cuidado extra, para imitar seus ambientes naturais, borrife com frequência ou considere um umidificador. 

*Via Bloomscape

 

©











Loading...