Tecnologia pioneira anti Covid-19 é comprovada em painéis de MDF (Foto: Divulgação)

 

Uma tecnologia inovadora que protege painéis de MDF contra o Covid-19, desenvolvida e comprovada no Brasil, apresenta 99.9% de eficácia em inativar o coronavírus em até 30 minutos. O produto é criado à base de nanotecnologia e um ativo particular, a prata, que oxida a camada externa do vírus eliminando-o da superfície.

 

Em meio à pandemia que mudou drasticamente a vida das pessoas em 2020, todos os setores da economia e saúde entraram em uma corrida global para criar formas de combater e minimizar os efeitos no novo vírus. A tecnologia NanoxClean®, criada em 2014 com o objetivo de evitar a proliferação de fungos e bactérias nas superfícies do MDF, foi submetida a novos testes, e sua eficácia contra o Sars-Cov-2 foi confirmada.

Tecnologia pioneira anti Covid-19 é comprovada em painéis de MDF (Foto: Divulgação)


 

O produto foi desenvolvido pela startup brasileira Nanox e patenteado em 2015 juntamente com a empresa de móveis Guararapes. A aplicação é feita através de uma lâmina de melanima com micropartículas de prata, que é prensada sobre os painéis de MDF e neutraliza os agentes patógenos. A película não é afetada pela limpeza diária e tem validade vitalícia.

Conduzido pela Quasar Bio no laboratório de biossegurança de nível 3 (NB3) do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), o ensaio foi realizado através de amostras de MDF com e sem a proteção NanoxClean®, que foram submetidas à diversos testes.

 

As peças foram expostas ao coronavírus por meio de uma imersão em tubos que continham grandes quantidades do vírus. Dessa forma, foi avaliada a capacidade do produto tratado de inativar as partículas virais em um intervalo de contato de 10 minutos e 30 minutos. No período mínimo, a proteção já tinha eficácia de 68, 4%.

©











Loading...