Pavilhão Bienal de São Paulo (Foto: divulgação)

 

Devido à pandemia de coronavírus, a 34ª Bienal de São Paulo, inicialmente prevista para o dia 5 de setembro, foi adiada para 3 de outubro de 2020, e a visitação foi estendida até 13 de dezembro.

O comunicado da organização foi liberado nesta quarta-feira (25) e informou que as exposições de Clara Ianni e Deana Lawson, bem como as performances de autoria de León Ferrari e Hélio Oiticica, que aconteceriam entre abril e agosto, serão incorporadas à mostra coletiva.

 

Segundo a nota, a diretoria da Fundação Bienal e a curadoria da 34ª estão em diálogo com as instituições parceiras desta edição da mostra, a fim de tentar manter ao máximo a rede de exposições paralelas planejada em conjunto com esses espaços. Mais informações sobre esse calendário serão divulgadas oportunamente.

A feira entra para a lista de eventos artísticos de grande porte cancelados devido à pandemia de coronavírus. No último dia 12, a organização da SP-Arte, prevista para o início de abril, também anunciou a suspensão da 16ª edição

Serviço:

34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto

3 de outubro a 13 de dezembro de 2020
Pavilhão Ciccillo Matarazzo, Parque Ibirapuera
Entrada gratuita

©









Agoda WW


Loading...
Sunsky-online WW
Romwe DE, US