Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

Há quem acredite que a grande máxima para decorar apartamento pequenos seja fugir de tons escuros, mas para o arquiteto Rogério Shinagawa é necessário uma certa transgressão para criar. Com apenas 40 m², os tons escuros chamam a atenção neste endereço paulistano. “O morador não queria nada claro e colorido, por isso foi sugerido o concreto e o preto como cor base”, explica. Valeu-se, portanto, de uma regra da moda: se a meta é elegância, cubra tudo de preto.

+ 12 casas e apartamentos pretos que mostram como há leveza nos tons escuros
+ Sofá preto na decoração: 8 salas de estar para se inspirar
+ Apartamento de 50 m² tem tons escuros e espaços integrados

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

O principal trunfo do projeto, de acordo com o arquiteto, é a estante metálica, que organiza a área social. É nela em que são encaixados os volumes de marcenaria  (armários, nichos, mesa de refeições e painel da televisão), a bancada em Corian (cozinha com pia, cooktop e forno) e as portas (acesso ao banheiro e ao quarto).

+ 23 ideias de móveis planejados para apartamentos pequenos

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)
Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)


 

Repare que a mesa de refeições pode ser aberta e, em seguida, encaixada na estante, aumentando a circulação e espaço na sala. Já o canto de estudo integra-se com a sala através de painéis camarão. Para complementar o guarda-roupa, foram criados nichos extras acima da mesa e gavetões embutidos na cama. Na varanda, por sua vez, biombos pivotantes com jardim vertical garantem a privacidade do morador.

+ Jardim vertical: saiba quais plantas usar

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)
Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

No décor, os móveis e objetos são todos de designers nacionais e conferem cor e textura para os espaços. A iluminação é indireta com arandelas e fitas de led embutidas na marcenaria. “As paredes, piso e teto receberam cimento queimado na mesma cor para reduzir o efeito de limite entre eles, dando a sensação que o espaço é mais amplo”, afirma Rogério. Tanto a estrutura de aço quanto toda marcenaria foi feita na cor preta para criar nuances por conta de suas diferentes texturas e acabamentos.

+ Decoração de apartamento pequeno: 10 dicas para escolher os móveis

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

“O morador precisava de um quarto espaçoso e uma banheira”, revela. Para que tudo fosse contemplado, a alvenaria foi reduzida apenas para a área do banheiro, que também recebeu tanque e lava roupa ocultos dentro de um nicho com portas de espelho.

+ Banheiro preto e branco: 10 ambientes para se inspirar

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)
Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

Há outro dado importante sobre o banheiro da suíte. Antes da reforma, não existia incidência de luz natural no ambiente. Após as intervenções, a banheira que se abriu para o quarto através de portas camarão. “Como o banheiro é um espaço pequeno e menos iluminado, mantivemos o branco no teto e o piso e as paredes com porcelanato escuro”, ressalta.

Quer acessar mais conteúdos da Casa Vogue? Baixe já o aplicativo Globo Mais. Nele você tem acesso a reportagens exclusivas e às edições das melhores publicações do Brasil. Cadastre-se agora e experimente 30 dias grátis.

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

 

Apartamento integrado de 40 m² ousa nos tons escuros (Foto: Evelyn Müller)

 

 

©






 

SUBSCRIBE:  DIY & Craft feed | Home & Garden feed Fashion & Style feed

 

Related Post: