Reprodução/Dezeen

Você com certeza sabe que o concreto é normalmente utilizado como um elemento estrutural na maior parte dos edifícios. Mas ele também pode ser trazido para dentro dos interiores, de forma a criar texturas bastante interessantes.

Os projetos abaixo usam o material robusto de várias maneiras diferentes – para paredes e soluções de armazenamento embutidas, bem como para dividir espaços. Quer se inspirar para o seu próximo projeto? Então confira estas 10 salas que utilizam o concreto de forma escultural:

1. Casa Castaños, por María Belén García Bottazzini e Ekaterina Künzel (Argentina)

 

Reprodução/Dezeen

Esta casa de vidro e concreto na Argentina foi construída pelos arquitetos María Belén García Bottazzini e Ekaterina Künzel. A área de estar apresenta uma planta que é dividida por uma chaminé de concreto em forma de placa. Ela separa parcialmente a área de estar de uma área de jantar.

Uma superfície linear do mesmo material se estende da parte inferior da chaminé para formar uma prateleira para a TV.

2. Pedro Reyes House, por Pedro Reyes and Carla Fernandez (México)

 

Reprodução/Dezeen

Construída com concreto como material primário, esta casa no México usa toques do brutalismo para usar o material em uma variedade de espessuras diferentes. Na sala de estar de pé-direito duplo, uma grande estante de concreto com escada se estende por toda a altura do espaço.

Degraus flutuantes em balanço levam a uma área elevada da galeria com vista para a área de estar e fornece acesso aos livros nas prateleiras superiores.

3. A Forest House, por Jarrín (Equador)

 

Reprodução/Dezeen

Concreto exposto, aço e tijolo cobrem o interior desta casa do estúdio de arquitetura Jarrín no Equador.

O teto com impressões em estilo de relevo foi projetado como uma característica central do espaço, com grandes colunas que se estendem do teto aos pisos de madeira escura. Já as paredes externas da casa foram deixadas em concreto sem acabamento e exposto para dar ao espaço uma estética industrial.

4. Courtyard House, por No Architecture (Estados Unidos)

 

Reprodução/Dezeen

O concreto cobre as paredes e o piso do interior desta casa em Oregon, projetada pelo escritório No Architecture.

Veja também

O imóvel possui uma paleta de materiais minimalista que é acentuada por móveis esparsos e tapetes decorativos. Suas paredes são interrompidas por janelas com moldura de madeira que oscilam e formam um design em degraus em todo o espaço.

5. UF Haus, por SoHo Architektur (Alemanha)

 

Reprodução/Dezeen

Para a UF Haus (que é uma abreviatura de “inacabado”), o escritório SoHo Architektur usou materiais que poderiam ser deixados em estado bruto e inacabado.

A área de estar principal está localizada nas traseiras da casa e constitui o núcleo do edifício. Ela foi colocada sob um espaço de pé-direito duplo que é dominado por uma passagem que leva aos quartos. O concreto cinza claro cobre as paredes do espaço, que também apresenta um longo banco de concreto encaixado ao longo de uma parede.

6. Holiday home, por Gláma Kím (Islândia)

 

Reprodução/Dezeen

Localizada na costa da Islândia, esta casa de temporada possui uma área de estar em plano aberto e apresenta uma paleta de materiais composta por concreto, cedro e vidro.

O espaço habitacional foi colocado no centro da casa e é enquadrado por um grande volume de concreto, que divide as áreas de dormir dos espaços comuns e funciona como uma lareira a lenha. O volume de concreto tem um pigmento cinza escuro que contrasta com as paredes e tetos revestidos de cedro claros, localizados no resto da casa.

7. Casa Estudio, por Manuel Cervantes (México)

 

Reprodução/Dezeen

Esta casa de cinco andares no México, construída em uma encosta inclinada, apresenta vários espaços escalonados que podem ser acessados por uma série de degraus e escadas.

A sua área habitacional é marcada por uma grande parede de cimento em tabuleiro, que ficou exposta e percorre toda a casa para unificar os espaços. Degraus de pedra foram colocados ao lado da parede e levam a pisos de pedra de lava escura. Já a mobília da sala é mais baixa e tem uma aparência simples e modular.

8. Casa Meco, por Atelier Rua (Portugal)

 

Reprodução/Dezeen

Uma grande área comum constitui o principal espaço de convivência na Casa Meco, localizada numa pequena aldeia de Lisboa, em Portugal.

Um teto marcado por tábuas se estende por todo o espaço comum e vai até embaixo para formar uma guarnição de concreto. O concreto liso foi usado nos pisos e serve como um pano de fundo neutro para os móveis elegantes.

9. Residence in Kato Kifissia, por Tense Architecture Network (Grécia)

 

Reprodução/Dezeen

O espaço desta casa grega tem um design rebaixado marcado por paralelepípedos de basalto cinza que cobrem o chão da sala de estar. Enquanto isso, colunas de concreto circundam a área de estar e emolduram as grandes janelas envidraçadas do chão ao teto que dão para o jardim circundante.

10. Tea House, por Archi-Union (China)

 

Reprodução/Dezeen

Paredes retorcidas de concreto em forma de placa envolvem a área de estar da biblioteca e do estúdio projetado pelo Archi-Union.

Estas paredes ocultam parcialmente a sala e criam uma sensação de caverna. Já as janelas do chão ao teto na frente do espaço se abrem para um terraço com vista para os jardins que circundam o local e a estrutura.

*Via Dezeen

©











Loading...